Queda de avião do Chapecoense matou 76

AFP

AFP/Arquivos / Nelson Almeida
 
Um total de 76 pessoas morreram e cinco foram resgatadas após um acidente aéreo nesta segunda-feira à noite perto de Medellín, com um voo fretado que transportava a equipe da Chapecoense, que disputaria na quarta-feira a final da Copa Sul-Americana, contra o colombiano Atlético Nacional.
"Conseguimos resgatar seis pessoas com vida, mas uma delas faleceu quando era levada para o hospital. Os demais faleceram", afirmou à imprensa o comandante da polícia metropolitana do Vale de Aburrá, José Gerardo Acevedo.
Alguns minutos antes, as autoridades anunciaram que os sobreviventes resgatados eram os jogadores da Chapecoense Alan Ruschel, Marcos Danilo Padilha e Jacson Ragnar Follmann, dois tripulantes e um jornalista.