Quadrilha é presa em flagrante em Minas Gerais fraudando o Enem, assista a reportagem completa

Repórter Eduardo Faustini acompanhou as investigações da fraude. Candidatos recebiam a resposta por um aparelho praticamente invisível.

Com Informações do Fantástico

 (Foto Reprodução)

Montes Claros, interior de Minas Gerais, 13h30 deste domingo (6). Antes do início da última rodada de provas, a Polícia Federal desmontou uma quadrilha de fraudadores do Enem, e o Fantástico estava lá, acompanhando tudo. Foram quatro mandados de prisão, quatro de condução coercitiva, 15 de busca e apreensão e ainda cinco mandados de sequestro de bens. Uma megafraude.
“A quadrilha cobrava entre 150 e 180 mil, a depender da universidade que o candidato pretendia ingressar”, diz um delegado da Polícia Federal.
Segundo as investigações, o grupo transmitia as respostas para candidatos em três cidades em Minas, incluindo Montes Claros, mais uma cidade na Bahia e uma no Ceará. As respostas eram passadas por celular, mas o esquema era sofisticado. Um ponto ficava bem dentro do ouvido e só podia ser colocado ou retirado com pinça.

Assista a reportagem:


Quadrilha é presa em flagrante em Minas Gerais... por DestaknewsBrasil