Mesmo com limitações físicas, filha cuida dos pais em Campo Belo/MG


Rosélia posa para a foto, orgulhosa da organização dos ambientes da casa, que são arrumados por ela mesma.
 Rosélia cuida sozinha da limpeza da residência. (Fotos: Diário de Campo Belo)

Sul de Minas: Ao contrário de muitas pessoas sem limitações- que sempre reclamam da vida, uma moradora campobelense (com deficiência motora) cuida dos pais e faz as atividades domésticas mesmo com dificuldades físicas. Ela não deixou que os pais fossem pra uma casa de repouso e cuida sozinha da limpeza da residência.

Rosélia de Sousa de 49 anos desafia prognósticos desde o nascimento. Ela possui deficiência motora, mas isso não foi obstáculo para que levasse uma vida normal e superasse todas as dificuldades impostas pela sua condição física. Ela é modelo de superação e cuida dos pais e da casa em que moram na cidade de Campo Belo (MG). O pai é cardiopata, hipertenso e a mãe é diabética. Desafios que Rosélia encara diariamente, sem medo! Um ambiente referência. Todas as vezes que se chega à residência encontra-se um lugar organizado, cheiroso e brilhando! Sabe quem executa a limpeza? A própria e sempre com um sorriso radiante. Ela lava, passa e cuida da casa toda.

Rosélia cresceu, venceu o bullying e hoje é exemplo e o ‘xodó’ dos vizinhos. Além de driblar as adversidades, ela é muito prestativa. Quando alguém precisa de uma ‘ajudinha’, adivinha quem está ali ao lado para oferecer apoio? Isso mesmo, depois de cumprir suas atividades domésticas, essa guerreira sempre está pronta para ajudar quem precisa.
Casa sempre está impecável e ela ainda cuida dos pais que são cardiopatas.
Com a casa sempre impecável.
Sua história de vida pode servir de tema de palestras motivacionais. Apesar das limitações físicas, Rosélia não se refere a si mesmo como “deficiente”. — Para ser sincera, eu nem percebo quem eu sou. Eu nunca percebi se eu sou uma pessoa portadora de necessidades especiais (no caso coordenação motora), deficiente, sei lá. Muita gente me pergunta qual o segredo para isso. Bom, para mim, o segredo é o próprio meio. Se o meio lhe olhar assim (como deficiente), é assim que você se vê. Eu tenho muita popularidade aqui no meu bairro, me comunico bem, nunca fico sozinha. Talvez o segredo seja esse, a compreensão de cada um —, explica Rosélia, moradora da Rua Itaúna em Campo Belo.
Deficiência motora
Deficiência motora é uma disfunção física ou motora, a qual poderá ser de carácter congénito ou adquirido.
Desta forma, esta disfunção irá afectar o indivíduo, no que diz respeito à mobilidade. À coordenação motora ou à fala. Este tipo de deficiência pode decorrer de lesões neurológicas, neuromusculares, ortopédicas e ainda de mal formação.
 Rosélia cuida dos pais, que são cardiopatas

Fonte: Diário de Campo Belo