Idosa com fratura fica exposta em rua, pois 192 não atende em Campo Belo/MG, diz jornal

A ligação só foi completada através do telefone fixo, após muitas tentativas.

O tel de emergência não atende. Muitas vezes o contato é através da PM, segundo moradores.
 
“Como estamos fazendo aqui em Campo Belo para chamar a emergência da UPA?”. É o questionamento de centenas de moradores, há tempos, e um dos problemas sérios apontados pela comunidade sobre o funcionamento da Unidade de Pronto Atendimento de Campo Belo (MG). Uma senhora teve uma queda no meio de uma rua na sexta-feira (18/11) em frente à uma loja. Segundo testemunhas, ela ficou exposta e guardando a chegada da ambulância. Os moradores tentarem inúmeras vezes acionar o 192, e descobriram que o número está fora de operação. Então optaram pelo telefone fixo, que também demorou a atender. Os moradores ficaram revoltados e muitos questionaram, “porque a direção da Unidade não resolveu este grave problema ainda?”. Não foi a primeira ocorrência neste sentido. Nos últimos meses tem sido frequentes. Muitos acionam à Polícia Militar, que, posteriormente, faz o contato.  Segundo informações, a culpa seria da operadora OI. Eles já fizeram o contato, mas nada solucionado até o momento.
Uma comerciante disse que ficou indignada com a situação. “Ligamos no 192 e a gravação informa que está em teste. O fixo da UPA não atende. O acontecido foi por volta das 9h35. Se fosse um infarto ou algo mais grave, a pessoa com certeza não teria resistido. Esta situação é inadmissível”, acrescentou a comerciante que prestou socorro à idosa, que na Unidade de Pronto Atendimento foi constato à fratura. Ela passará por cirurgia nesta terça na Santa casa da cidade.

Fonte: Diário de Campo Belo