Estuprador trapalhão fica preso em rede de esgoto durante tentativa de fuga

O criminoso tentou fugir da cadeia horas depois de ser preso por ter estuprado a sua tia.

Criminoso fica preso durante fuga 

Um homem que está preso acusado de ter cometido um crime de estupro tentou fugir da Delegacia de Polícia Judiciária Civil, na cidade de Nova Ubiratã (MT). O caso bizarro foi registrado na madrugada de quarta-feira (02). O suspeito de 18 anos, que não teve seu nome revelado, ficou entalado pela cintura na rede de esgoto na delegacia onde se encontra preso.
Vizinhos que moram perto da delegacia alegam que ouviram vários pedidos de socorro vindo da cadeia. Quando sairam para ver quem estava pedindo por socorro encontram o suspeito preso num buraco feito por ele onde tentava fugir, mas algo deu errado e ele não conseguiu. A Polícia recebeu várias ligações dos vizinhos relatando que tinha um detento querendo fugir da cela onde ele estava preso.
Quando os policiais chegaram no local, encontram o suspeito preso na rede de esgoto da delegacia. Ainda de acordo com os policiais, o suspeito ficou preso no local por umas duas horas. Os policiais tiveram que usar ferramentas, como enxadões e enxada, para abrir o buraco e tirar o bandido trapalhão. Conforme o investigador Charles Jordão, da Polícia Civil. "O bandido tirou o vaso sanitário e logo após fez um buraco na rede de esgoto. Ele apenas errou no seu cálculo já que ele é um pouco gordinho ele teria que fazer um buraco largo para poder passar", relatou o investigador Charles.
Segundo informações repassadas pela polícia, para evitar uma nova tentativa de fuga o jovem foi colocado em outra cela. Conforme a Policia Civil o suspeito vai ser transferido, nas próximas horas, para a penitenciária de Sorriso, cerca de 380 Km de Cuiabá (MT). Os peritos da Politec de Sorriso, já foram informados e devem fazer uma perícia no local ainda hoje, conforme manda a lei.
Conforme consta no boletim de ocorrência, o suspeito foi preso em flagrante por ter estuprado a sua própria tia, de 33 anos. De acordo com a polícia devido à falta de estrutura e um número reduzido de policiais a delegacia ficou sem guarnição no período da noite e as fugas da cadeia já se tornaram frequentes.

Fonte: Blastingnews