Em despedida do Maracanã, Flamengo vence Santos e assume a vice

Estadão Conteúdo

Diego foi o autor do segundo gol da vitória do Flamengo
O Flamengo levou a melhor na disputa pela vice-liderança no Campeonato Brasileiro. Em partida disputada no estádio do Maracanã, no Rio, o rubro-negro venceu o Santos por 2 a 0 neste domingo (27), e abriu dois pontos de diferença sobre o adversário ao final da 37ª e penúltima rodada da competição.
O jogo marcou a despedida do Flamengo como mandante e a primeira vitória no Maracanã, na temporada. Por conta da Olimpíada, o estádio recebeu jogo da equipe somente em outubro e não trouxe sorte. Nas primeiras três partidas, foram três empates contra Corinthians, Botafogo e Coritiba. Já o Santos viu o fim de uma série invicta de nove jogos e deu adeus ao sonho de título nacional.

Com os três pontos conquistados no Maracanã, os cariocas pularam para 70 pontos, enquanto o Santos permanece com 68, na terceira colocação. Na última rodada, no próximo domingo, o rubro-negro joga contra o Atlético Paranaense na Arena da Baixada, em Curitiba, enquanto o Santos pega o América na Vila Belmiro.

Caso os dois times terminem o Brasileirão com a mesma pontuação, os santistas ficam na segunda colocação por terem vantagem no número de vitórias (21 a 20). Além da pontuação, a segunda colocação também prevê um acréscimo de R$ 3,4 milhões na premiação em relação ao terceiro colocado.

O jogo foi no Maracanã, no Rio, mas foi o Santos quem se impôs no início em campo, com posse de bola e fiel ao seu estilo de jogo. No primeiro minuto, Thiago Maia recebeu na entrada da área e quase fez 1 a 0, em chute que assustou o goleiro Alex Muralha.

O Flamengo não se intimidou e seguiu com uma postura mais cautelosa, porém atenta aos erros do adversário. Quando teve a oportunidade, não falhou. Aos 4 minutos, Guerrero aproveitou o vacilo da defesa, roubou a bola e chutou forte para abrir o placar no Maracanã: 1 a 0.

Criticada pelo desempenho nos últimos jogos, a retaguarda rubro-negra fazia partida segura, com raras ações do lado santista. Discreto em campo, Ricardo Oliveira teve a chance de empatar, mas finalizou mal. Por outro lado, a defesa santista seguia com problemas. Aos 25, Guerrero arriscou novamente. Dessa vez o chute foi para fora.

Na sequência, nova oportunidade, com o franzino Gabriel, de cabeça. A tentativa esbarrou no travessão. Ainda no primeiro tempo, o Flamengo voltou a assustar, com Guerrero, em chute para fora, após boa jogada de Pará.

A defesa santista seguiu com problemas no segundo tempo. Aos cinco minutos, Éverton fez boa jogada pela esquerda e passou para Guerrero errar o alvo. A posse de bola, que na primeira etapa era do Santos, mudou de lado. Foi a vez de o Santos explorar o contra-ataque e a bola aérea. Foi assim que Ricardo Oliveira, aos nove, quase empatou. O atacante subiu livre na área e viu Alex Muralha fazer excelente defesa.

Guerrero tinha boa movimentação e causava problemas para a defesa. Porém, apesar do gol marcado no início da partida, o atacante teve fraco rendimento nas finalizações. Aos 25 minutos, o atacante teve nova chance, após falha de David Braz, e errou o alvo. A chance desperdiçada fez com que o jogador deixasse o campo para a entrada de Leandro Damião.

O Santos tentava pressionar o adversário, mas não tinha sucesso. Para piorar, sofreu o segundo gol. Pará levantou na área e Diego, revelado pelo time paulista, completou de primeira para fazer 2 a 0. Com a vantagem larga no placar, o Flamengo apenas aguardou o apito final para assegurar a vice-liderança do Campeonato Brasileiro.


FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 2 x 0 SANTOS

FLAMENGO - Alex Muralha; Pará, Réver, Rafael Vaz (Juan) e Jorge; Márcio Araújo, Willian Arão e Diego; Gabriel (Fernandinho, Éverton e Guerrero. Técnico: Zé Ricardo.
SANTOS - Vanderlei; VIctor Ferraz, David Braz, Yuri e Zeca; Renato (Arthur Gomes), Thiago Maia, Lucas Lima e Victor Bueno (Léo Cittadini); Copete e Ricardo Oliveira (Leandro Damião. Técnico: Dorival Júnior.
GOLS - Guerrero, aos 4 minutos do primeiro tempo; Diego, aos 39 do segundo.
ÁRBITRO - Eduardo Tomáz de Aquino Valadão (GO).
CARTÕES AMARELOS - Diego (Flamengo).
RENDA - R$ 1.601.972,00.
PÚBLICO - 33.924 pagantes (37.615 no total).
LOCAL - Estádio do Maracanã, no Rio.