Dois pescadores estão desaparecidos após naufrágio de barco em Guarujá/SP

Homens pularam na água após barco ir em direção às pedras; um dos três tripulantes se salvou

Dois pescadores estão desaparecidos após um naufrágio perto da Ilha da Moela, em Guarujá, no início da tarde deste sábado (12). Um outro pescador que estava na embarcação - chamada Apache III - conseguiu se salvar e foi localizado. 

A Tribuna
Moradores da Santa Cruz dos Navegantes, os três pescadores artesanais saíram nessa sexta-feira (11) para ir pescar perto do Farol da Moela em um pequeno barco de madeira. Entretanto, em meio ao mau tempo, o barco teve problemas mecânicos e começou a ir em direção às pedras, de acordo com Sérgio Santa Cruz, vereador eleito em Guarujá, que é amigo dos pescadores.
Antes de o barco se chocar, os pescadores pularam na água. Um deles, identificado como Valdomiro Saturnino da Silva, nadou e conseguiu chegar à Ilha da Moela, onde a Capitania dos Portos mantém uma equipe fixa. Ele foi resgatado e transferido, com o auxílio do Corpo de Bombeiros, ao Pronto-Socorro Central de Santos. Valdomiro passa bem.
Os outros dois ocupantes do barco - José Nildo e Silas Atacidio - continuavam desaparecidos até a última atualização desta matéria.
Equipes da Capitania dos Portos, com apoio da Praticagem, mantiveram as buscas até o pôr-do-sol. O Corpo de Bombeiros continuará trabalhando durante a noite, porque, segundo a Marinha, dispõe dos equipamentos necessários.
A Estação Costeira Santos Rádio está realizando chamadas a cada 30 minutos solicitando apoio de navios e embarcações que estejam navegando nas proximidades a fim de ajudar na localização dos desaparecidos.