Com promessa de desconto, 'Black Friday' movimenta comércio em BH

Ação realizada nos Estados Unidos ganhou espaço no Brasil ; Mesmo com todo incentivo ao consumo, as entidades ligadas à defesa do consumidor, alertam para possíveis propagandas enganosas 

O Tempo

Com promessa de descontos de até 70%, a chamada Black Friday, ação na última sexta de novembro que é tradicional nos Estados Unidos e que ganhou espaço no Brasil, começou com movimento nas lojas do centro de Belo Horizonte.
Para tentar incentivar o consumo, a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) de Belo Horizonte informou que o metrô vai operar com horário estendido entre este sábado (26) e domingo (28).
As estações Santa Efigênia, Minas Shopping e Vilarinho, que têm acesso direto aos shoppings Boulevard, Minas e Estação, ficarão abertas até às 23h20, enquanto as demais, estarão disponíveis apenas para o desembarque dos usuários.
Com origem nos EUA, a "Black Friday" já vai para a sexta edição no Brasil, se tornando o segundo maior período de faturamento entre os varejistas, perde somente para o Natal. A expectativa dos lojistas é de que as vendas aumentem em 30%, em relação ao ano passado.


De acordo com levantamento feito pela Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico, em 2015, na sexta-feira da liquidação, foram vendidos R$ 1,5 bilhão. Neste ano, a estimativa é de aproximadamente R$ 2 bilhões.
Serviço:
Operação Especial do Metrô nas estações Minas Shopping, Vilarinho e Santa Efigênia.
Abertas até 23h20.
Atenção
Mesmo com todo incentivo ao consumo, as entidades ligadas à defesa do consumidor, como os Procons e a Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (Proteste), alertam para possíveis propagandas enganosas no período.
A Proteste destaca que a Black Friday no Brasil é lembrada pelo grande número de fraudes praticadas no comércio e pede cautela nas compras. A dica é para que o consumidor não feche o negócio se notar que os descontos são enganosos e que o anúncio de oferta não passa de um artifício para vender mais, o que é comum no período.

Com Agência Brasil