Caso de latrocínio é elucidado pela Polícia Civil em Uberaba/MG

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), em Uberaba, concluiu o inquérito policial de um caso de latrocínio (roubo seguido de morte), que vitimou Edvaldo Rodrigues dos Santos, 38 anos, no momento em que buscava seu filho na casa da ex-esposa. O crime aconteceu no dia 22 de outubro, na Rua Sargento José Silvério da Silva, Vila São Vicente, na frente da criança de 8 anos. O trabalho de investigação foi concluído ontem e o procedimento será encaminhado à Justiça nos próximos dias.

  Divulgação PCMG

Delegado Gustavo Anai


Para roubar a motocicleta da vítima, o autor fez dois disparos e evadiu-se do local. Após apurações da PCMG, foi possível identificar o suspeito Michel Fernando Reis de Sousa, 23 anos, conhecido por “Carroça”. Os delegados responsáveis pelo caso, Gustavo Anai e Vivian Caroline Borges, obtiveram junto ao Poder Judiciário mandados de prisão e de busca e apreensão em desfavor de Michel, porém, ao cumpri-los, na quinta-feira passada (3), a equipe descobriu que ele havia fugido para Uberlândia. Enquanto os policiais civis organizavam a operação no município vizinho, Michel cometeu outro latrocínio naquela cidade, no último dia 6, e foi preso em flagrante com seu comparsa.
                                                        Divulgação PCMG

Michel Fernando Reis de Sousa

Segundo informações do delegado Gustavo Anai, a equipe de policiais civis de Uberaba que investigou o crime compareceu à Uberlândia, ontem, onde o acusado encontra-se preso, para ouvi-lo e, assim, encerrar a investigação. “Durante o interrogatório, Carroça confessou a autoria do crime, detalhando a ação criminosa. Confirmou que atirou com a intenção de matar e que não estaria sentindo nenhum arrependimento pelos atos”, conta.

O outro crime

Michel de Souza e um segundo suspeito cometeram outro latrocínio no domingo passado (6), ao tentar roubar uma caminhonete no Bairro Brasil, em Uberlândia. “Ele matou, friamente, um marceneiro de 56 anos. A vítima e a esposa estavam fazendo uma limpeza no veículo, quando foi abordado por Carroça e outro autor. A vítima demonstrou reação e Carroça atirou contra o homem, atingindo-o no olho esquerdo”, relata Gustavo Anai.
Os autores foram presos em flagrante delito e a arma do crime, apreendida. O caso está em investigação na Polícia Civil da cidade onde ocorreu o crime.

Latrocínio de empresário

Um adolescente de 17 anos foi apreendido ontem (8) pela Polícia Civil de Minas Gerais em Uberaba, suspeito de ato infracional análogo a latrocínio (roubo seguido de morte). A vítima foi o empresário do ramo de embalagens Ronaldo Cesar de Freitas, 54 anos, assassinado em sua empresa, na Rua Professor Chaves, no dia 5 de agosto deste ano.  As investigações continuam para a localização e prisão do outro envolvido no crime.

Os indivíduos chegaram ao estabelecimento comercial e um deles anunciou o assalto. Em dado momento, a vítima entrou em luta corporal com o autor, que atirou duas vezes contra o empresário. Um disparo atingiu o abdômen, levando a vítima ao óbito. Testemunhas ainda tentaram conter o suspeito, mas ele conseguiu fugir com o comparsa. Os acusados levaram a quantia de R$ 150 da vítima e os aparelhos celulares de dois funcionários.
                                                                               Divulgação PCMG


Os delegados de polícia responsáveis pelo caso, João Francisco, Luiz Blanco e Mariana Pontes, obtiveram o mandado de internação do adolescente junto à Justiça e ele foi encaminhado ao Sistema Socioeducativo. Testemunhas do fato fizeram o reconhecimento formal do suspeito. Um dos aparelhos celular e as roupas utilizadas no crime também foram apreendidos.