Advogada aponta dedo na cara de comandante da PMMG dizendo ter nível superior e se dá mal, vídeo

Na tarde deste domingo (6), no momento do jogo entre o Boa Esporte e Guarani de SP, na área externa do Estádio Dilzon Melo, em Varginha/MG, deu início a uma confusão, tendo como protagonista, uma suposta advogada.
(Foto Reprodução) 


A mulher, estava exaltada, alegando ser advogada e ter nível superior e em uma suposta reclamação, com os policiais militares que faziam a segurança em torno do estádio, a mesma proferiu palavras de baixo calão com os militares.

Conforme mostra no vídeo, a mulher se dirigiu ao comandante da PM, desacatando o mesmo, apontando o dedo em sua face e chamando de folgado, de verme, entre outras palavras de baixo calão.

Diante da injusta agressão e desacato, a mulher foi imobilizada e conduzida a delegacia, onde deve responder por desacato.

Alguns amigos da suposta advogada, ainda tentaram acalma-la, porém sem sucesso.