Vídeo mostra abordagem a jovens sequestradas no Santo Antônio em BH

As amigas, de 24 e 26 anos, ficaram cerca de 3h sob a mira de armas enquanto eram levadas para realizarem saques; uma delas chegou a ser agredida com uma coronhada e socos

O Tempo

Nas imagens é possível ver a dupla armada e um carro, que estaria dando cobertura

Um vídeo que vem circulando nas redes sociais mostra o momento exato em que duas jovens de 24 e 26 anos foram abordadas pelos dois autores do sequestro relâmpago, no bairro Santo Antônio, na região Centro-Sul de Belo Horizonte, na noite desta quinta-feira (13). Elas ficaram sob a mira dos suspeitos por cerca de três horas, sendo que uma delas chegou a ser agredida com coronhadas e socos enquanto eram levadas a agências para fazerem saques.
Nas imagens é possível ver que as duas amigas estacionavam o carro na rua Carlos Gomes por volta das 18h50 quando surgem os dois suspeitos em atitude suspeita. Um Volkswagen UP vermelho também se aproxima e para exatamente na hora da abordagem, levantando a suspeita de que o veículo estaria dando cobertura à dupla de assaltantes.
Armado, um dos suspeitos abre a porta do motorista para que a jovem que conduzia o Fiat Palio passe para o banco traseiro, enquanto o outro suspeito empurra a amiga dela para que ela passe para a parte de trás sem descer do veículo. Assista ao momento da abordagem:


De acordo com o registro da Polícia Militar (PM), uma das amigas teria começado a gritar por socorro, momento em que os autores entraram no veículo e saíram às pressas. O namorado da moça mais nova, contou aos militares que ela havia mandado uma mensagem falando que já estava chegando em sua casa e, por meio das câmeras de segurança, acabou descobrindo o crime. Eles tentaram contato telefônico diversas vezes com a amiga, que não atendiam já que os bandidos desligaram os aparelhos.
A polícia fez rastreamento na tentativa de localizar as jovens, porém, somente depois de cerca de 3h elas foram localizadas na rua Niquelina após entrarem em contato com familiares. À PM, as mulheres contaram que os suspeitos amarram seus punhos juntos usando uma fita de embalagem. Agressivos, eles faziam ameaças durante todo o tempo e mandavam as meninas ficarem abaixadas, chegando a desferir uma coronhada e um soco na mulher de 26 anos.
A dupla de assaltantes teria dirigido até a região de Venda Nova, onde fizeram um saque de valor não precisado em uma agência da Caixa na conta da jovem mais velha. Em seguida eles também teriam sacado cerca de R$ 300 na conta da dona do veículo.
Bastante assustadas, as jovens não estavam em condições de ir até a delegacia, sendo que elas se comprometeram a comparecer posteriormente à unidade policial e prestarem depoimento. A ocorrência foi encerrada na Delegacia de Plantão do Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran-MG). 
Até a manhã desta sexta-feira (14) ninguém havia sido preso pelo crime.