Viatura da Polícia Civil bate de frente com caminhão na BR-354 em MG

Investigador e mãe dele foram socorridos; batida foi em Lagoa Formosa/MG. Motorista do caminhão não se feriu; pista molhada pode ter sido causa.
Um investigador da Policia Civil de 36 anos e a mãe dele, de 62 anos, ficaram feridos em um acidente ocorrido durante a tarde deste sábado (22) na BR-354, em Lagoa Formosa. O carro em que eles estavam, que é uma viatura, bateu de frente com um caminhão dirigido por um homem de 62 anos, que não ficou ferido. As duas vítimas resgatadas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram encaminhadas ao Pronto-Socorro do Hospital Regional de Patos de Minas. O hospital não quis informar a situação dos pacientes.
O acidente ocorreu no quilômetro 244 da rodovia. De acordo com a Polícia Militar Rodoviária (PMR), o motorista do caminhão contou que seguia normalmente no sentido Patos de Minas-Lagoa Formosa quando a viatura invadiu a pista contrária após derrapar na pista. Chovia no momento da colisão. A primeira hipótese é de que a viatura policial tenha escorregado em óleo espalhado na pista pela chuva.
O policial era quem dirigia o carro. Ele seguia de Rio Paranaíba, onde trabalha, para Patos de Minas. De acordo com o Corpo de Bombeiros, ele ficou preso às ferragens. Foi preciso o uso de equipamentos para removê-lo e imobilizá-lo na maca. Ele teve fratura exposta no punho e no braço direitos, fratura na perna esquerda, um corte no rosto e foi resgatado consciente.
Já a mãe do policial teve escoriações no tórax, causadas pelo uso do cinto de segurança do veículo. Ela também estava consciente. Saiu do carro sozinha e conversou com a equipe de resgate.
Ainda de acordo com a PMR, o trânsito no local ficou interrompido nos dois sentidos por duas horas, para que peritos da Polícia Civil colhessem informações úteis à investigação. Ainda não foi divulgado o prazo em que o relatório final será emitido.

Fonte: G1