Viatura da PF é roubada, e delegado pula do carro para não ser levado

O veículo era descaracterizado e foi levado por dupla armada, na região Centro-Sul de BH; ainda há buscas

O Tempo

Delegado foi abordado ao entrar na viatura que estava estacionada na esquina das ruas Acaraú e Teixeira Mendes

Bandidos roubaram na manhã desta terça-feira (25) uma viatura descaracterizada da Polícia Federal (PF), no bairro Cidade Jardim, na região Centro-Sul de Belo Horizonte. Uma dupla armada abordou um delegado da corporação que chegou a ser levado com eles, porém, conseguiu se libertar após pular do veículo em movimento.
Segundo as informações da Polícia Militar (PM), o policial, de 55 anos e que seria lotado na Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio da PF, contou que deixou a viatura, um Renault Sandero branco, estacionado na esquina das ruas Acaraú e Teixeira Mendes. Quando retornava ao veículo, por volta das 9h, foi abordado por dois indivíduos, um deles armado com um revólver calibre 38.
Eles ordenaram que o delegado sentasse no banco do passageiro, sendo que o jovem armado ficou no banco de trás, ameaçando o policial, enquanto o outro suspeito assumiu a direção do veículo. A dupla afirmava o tempo inteiro que só queria o veículo pois "teria ocorrido um desacerto", porém, mantiveram o policial como refém.
Ainda conforme o relato da vítima, os suspeitos falaram para ele colocar o cinto de segurança e indagaram diversas veze se ele seria policial, porém, ele não obedeceu o pedido deles pois sabia que no porta-luvas haviam objetos que o identificariam como policial, o que poderia culminar na sua morte.
Cerca de 1 km do local do crime, na avenida Prudente de Morais, o delegado percebeu uma oportunidade, abriu a porta da viatura e se jogou do carro em movimento. Na queda, ele acabou sofrendo escoriações no cotovelo esquerdo, na mão direita e na cabeça.
Sem gravidade
O delegado de 55 ano foi socorrido até o Hospital Madre Tereza por agentes da PF, onde recebeu os cuidados médicos. Ainda na parte da manhã ele já havia retornado para a corporação e ajudava na localização da viatura levada.
A PM continua fazendo buscas pela cidade, juntamente com a PF. Eles buscam imagens de estabelecimentos e residências próximas aos locais dos fatos para tentar identificar a dupla e recuperar o veículo, que traz materiais da corporação em seu interior.