Primeiro Atlético-MG x Flamengo no Mineirão faz 50 anos, e ídolo rubro-negro da época crê em nova vitória

Palco de importantes páginas do futebol brasileiro, o Mineirão é dos cenários mais frequentes da rivalidade escrita por Flamengo e Atlético-MG ao longo dos anos.

Extra Online
 
No dia 6 de fevereiro de 1966, cariocas e mineiros duelaram pela primeira vez no estádio, e o Flamengo venceu por 1 a 0.
Neste sábado, 50 anos depois, os rivais voltam a se enfrentar no local, às 16h30, e o ex-atacante Silva Batuta, um dos protagonistas rubro-negros dos anos 60, recorda aquele duelo histórico.
— Lembro bem que o campo lá era muito fofo e que a gente se cansou muito mais por isso. Mas a gente sempre se deu bem lá contra eles, não foi diferente naquele dia. Naquele jogo, aposto que o gol foi meu, mas não tenho certeza — contou Silva.
O costume em balançar a rede adversária era tamanho que a memória traiu Batuta. Não foi naquele dia que ele marcou um de seus 70 gols pelo clube. No primeiro Atlético-MG e Flamengo da história do Mineirão, foi Neves quem saiu como o herói.
De lá para cá, os rubro-negros colecionaram vitórias épicas, como a da semifinal da Copa União de 1987, mas também amargaram derrotas duras : a goleada por 4 a 1 na semi da Copa do Brasil foi um dos tropeços recentes mais sentidos. Entre vitórias e derrotas, Batuta crê que o elenco deixará hoje Belo Horizonte com a chama do hepta ainda acesa:
— A rivalidade com eles sempre foi mais forte do que com o Cruzeiro, sem dúvida alguma. O Zé Ricardo acertou a nossa equipe, vamos ganhar de 2 a 0 hoje. Nós temos mais time.
Palavra do Batuta.