Polícia Militar apreende armas de fogo, munições e recupera diversos objetos furtados em Arcos/MG

Na ocorrência, sete homens foram presos e um menor apreendido 

Cientes de uma série de furtos que vinham ocorrendo em alguns pontos de Arcos, especialmente em residências rurais do município, policiais militares realizaram um consistente levantamento de informações e abordaram nesta segunda-feira (10), por volta das 15 horas, um dos suspeitos na Rua João Jovino, Bairro Novo Horizonte. Ele tem 18 anos e quando era menor de idade teve o envolvimento em dezenas de furtos e roubos, inclusive de armas de fogo. Tais crimes vinham sendo registrados desde 2010.
Na abordagem foi realizada a busca pessoal e os militares encontraram com ele três (03) cartuchos intactos de espingarda calibre 32. Com o flagrante, o autor passou a colaborar e confessou detalhadamente como praticava os crimes, indicando pessoas para as quais havia repassado joias, ferramentas, botijões de gás, armas e munições.
Durante as diligências, os policiais recuperaram diversos materiais que haviam sido furtados de diversificados imóveis em Arcos, tanto na zona urbana quanto na zona rural. Foram apreendidos, entre outros objetos: 02 espingardas calibre 32, 01 espingarda de pressão, joias diversas, ferramentas, mais de 130 munições de variados calibres - 43 delas munições intactas - e acessórios de caça, como facões, ferramentas e cinturão.
A ocorrência teve desdobramento na cidade de Lagoa da Prata, para onde uma equipe policial se deslocou com o objetivo de apreender outros materiais furtados/roubados em Arcos. Naquela cidade, os militares recuperaram um videogame ‘XBOX’ que fora subtraído em uma das casas e efetuaram a prisão de um homem de 41 anos por receptação. Ele ficava com os botijões de gás que eram furtados em Arcos e os revendia posteriormente. Também foi feita a prisão de outro homem, de 32 anos, e apreensão de um menor, de 17 anos, ambos por receptação de ferramentas e baterias.

Os sete autores e o menor infrator foram conduzidos à Delegacia de Arcos, bem como todo o material apreendido. Dois deles foram encaminhados ao presídio e aos demais foi arbitrada fiança.