Polícia Civil investiga mortes de mulheres em Ouro Preto

Corpos de duas vítimas foram descobertos nesta segunda-feira (23) nas mesmas circunstâncias; nenhum suspeito foi identificado até o momento

O Tempo

Corpos de duas mulheres foram encontradas em circunstâncias idênticas no distrito de Antônio Pereira

A Polícia Civil investiga o homicídio de duas mulheres no distrito de Antônio Pereira, localizado a 25km ao norte de Ouro Preto. As circunstâncias idênticas da morte das vítimas ainda estão sendo investigadas, mas clima na cidade é de apreensão.
 
Segundo a Polícia Civil, os dois corpos foram encontrados na manhã do último domingo (23) por testemunhas que passavam por uma região de trilhas chamada Gruta da Lapa. O Corpo de Bombeiros foi acionado e, junto com os policiais, descobriram os corpos de Caetana Aparecida Felipe Melchiades, 47 anos, e Ingrid Michelle Rosa, 34.
 
As duas vítimas estavam nuas e enterradas em covas rasas a poucos metros de distância uma da outra. Os pertences estavam próximos dos corpos, o que auxiliou na identificação. Uma das mulheres, Ingrid Rosa, estava desaparecida há onze dias, informou a Polícia Civil.
 
Apesar das circunstâncias idênticas, os casos estão sendo investigados separadamente em dois inquéritos da Delegacia Regional da Polícia Civil de Ouro Preto. A possível ligação entre as mortes, no entanto, não foi descartada pela corporação. Além disso, devido ao estágio avançado de composição, não foi possível identificar a ocorrência de violência sexual. Um laudo policial que será finalizado nos próximos dias poderá confirmar a agressão.
 
A apreensão sobre os crimes ronda o pequeno distrito de oito mil pessoas. Segundo Agnaldo Geraldo, 43 anos, funcionário de um posto de gasolina na região, as investigações da Polícia Civil é o assunto frequente nas conversas dos moradores.
 
“Está todo mundo comentando isso. Na realidade, a comunidade inteira está abalada com os crimes”, diz Agnaldo. “As mulheres da cidade foram aconselhadas a não andarem sozinhas e ficarem alertas”.
 
Até o momento, nenhum suspeito pelos homicídios foi identificado.