Menina salva vida do pai após ser baleado por um vizinho em uma briga

Adolescente de 13 anos viu quando o pai foi baleado e o escondeu antes que o atirador voltasse com arma recarregada; suspeito acabou se ferindo, ao colocar a arma na cintura

O Tempo

Uma adolescente de 13 anos salvou a vida do pai ao presenciar uma briga entre ele e um vizinho, em Araçuaí, na região do Vale do Jequitinhonha, nessa quinta-feira (6).
A menina contou à Polícia Militar (PM) que viu o pai, de 54 anos, bater boca com o homem, de 44 anos, que mora nos fundos da casa, no bairro Canoeiro José Alves de Carvalho. Durante a discussão, o suspeito atirou e acertou o peito do pai dela, que caiu no chão da cozinha.
Como o homem estava com uma arma caseira, que comporta apenas uma bala por vez, depois de disparar, ele foi nos fundos para recarregar. Neste momento, a menina arrastou o pai e o escondeu.
Quando o atirador voltou, ele não encontrou a vítima e achou que ele tinha fugido. Com isso, foi para a rua, com a arma não mão, no intuito de encontrá-lo. Não achando, colocou a arma na cintura e esta disparou, atingindo-o na virilha.
Assutado, o suspeito pediu ajuda em uma companhia da PM, que ficava perto do local. Os policiais acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência que socorreu os dois para o Hospital São Vicente de Paulo, que é municipal. O suspeito foi internado sob escolta policial.
A vítima passou por cirurgia e segue internada na unidade de saúde, sem risco de morrer, segundo funcionários do hospital. Já o suspeito, foi transferido, devido a gravidade do ferimento.