Grupo de Whatsapp é criado para ajudar uma família carente em Campo Belo/MG

Intitulado como: ‘Resgata-me’, montaram uma rede solidária e criaram um grupo em uma rede social; Estão conseguindo reconstruir o imóvel de uma família que vive em situação de risco. “Prefiro esperar em Deus”, palavras do Isaías, jovem de 14 anos que luta para que a família viva com dignidade.
Mesmo faltando até comida, Isaías não perde a fé: . “Prefiro esperar em Deus”

O grupo começou pequeno, mas de uma forma admirável e louvável foi crescendo. O objetivo da iniciativa é ajudar a dar dignidade à uma família simples, que mora em um local precário e com condições subumanas. Eles sobrevivem na Rua Horácio Figueiredo, 889, nos Davis em Campo Belo (MG). Com a campanha ‘Resgata-me’, a família terá uma nova residência. Móveis têm sido doados, assim como roupas. Porém ainda falta muito para terminar a obra. Na ‘casa’ vivem um jovem de 14 anos, que com mora com a irmã (que é diabética), a mãe – está desempregada,  e o pai  (dependente químico), mas está lutando contra o vício. E você, pode ajudar esta família!
De acordo com vizinhos, a família realmente precisa de ajuda, por isso criaram a campanha “Resgata-me”. “A gente sempre o observa e em uma conversa, Isaías revelou-nos que estão passando por muitas dificuldades e até mesmo falta de alimentos. Estamos batalhando para ajudar, mas se todos sentirmos em nosso coração o desejo de ser um anjo na vida deles, que façamos alguma coisa. Este jovem tem todos os motivos para buscar ajuda aonde é mais fácil, porém, ele nos disse que: – ‘prefiro esperar em Deus’, palavras do Isaías. Isso nos comoveu muito”, explicou Valdirene.
Na casa vivem: um jovem de 14 anos, a irmã (diabética), a mãe e o pai. Até alimento falta.
 
 De acordo com ela, no momento precisam de materiais para construção e mão de obra para a construção de um a nova moradia, oferecendo um lugar digno à família. “Qualquer tipo de ajuda é bem-vinda.
Que o doador possa ser braço e pernas do Senhor na vida desta família.
Contato para maiores informações é: (35) 9-97370348 Valdirene e Paulo
 Fonte: Diário de Campo Belo