Mais de uma tonelada de cocaína é apreendida em terminal do Porto de Santos

Droga estava escondida entre cargas de sucata de metal e de vidros

A Tribuna 

Cocaína estava escondida em carregamento de três contêineres (Foto: Divulgação/Receita Federal)


Mais 1.137 quilos de cocaína foram encontrados escondidos em contêineres armazenados em um terminal retroportuário do Porto de Santos, na tarde desta sexta-feira (9). Trata-se da terceira grande apreensão realizada em menos 10 dias pelas equipes da Receita Federal e da Polícia Federal. Por enquanto, não ninguém foi preso. 
Durante operação de fiscalização, as equipes da Alfândega encontraram o carregamento clandestino distribuído por três caixas metálicas que tem como destino o porto de Antuérpia, na Bélgica. A droga estava dividida em 29 bolsas escuras que foram colocadas entre cargas declaradas de sucata de metais e de vidros.  
Parte do carregamento estava escondido entre carga de suca de metal (Foto: Divulgação/Receita Federal)
A técnica utilizada pelos narcortraficantess é chamada de “rip-off”, que consiste em inserir a cocaína em um carregamento regular. Desta vez, a carga foi interceptada em terminal retroportuário localizado no Saboó, antes de ser embarcada no navio ro-ro Grande Brasile. A embarcação está atracada em um terminal da Margem Direita.
Com a apreensão ocorrida nesta sexta-feira, chega a mais de 6,3 toneladas a quantidade de cocaína apreendida este ano pelos órgãos federais. Trata-se de um recorde histórico. Há uma semana, 602 quilos foram encontrados e, há 10 dias, mais 1,5 tonelada. Investigações foram abertas para identificar os envolvidos nas ações. 
Droga foi localizada em terminal retroportuário do Saboó, em Santos (Foto: Divulgação/Receita Federal)