Mais 70 guardas municipais são autorizados a usar armas de fogo em BH

Hoje em dia

GM's da BH mineira precisam ter no currículo um total de 600 tiros durante o treinamento
 
Mais 70 guardas municipais estão aptos a usar armas de fogo nas ruas de Belo Horizonte. A turma que passou pelo treinamento e exames é composta por 74 profissionais e desses, quatro foram considerados inaptos a utilização das armas de fogo. A informação foi passada hoje pela prefeitura de Belo Horizonte, por meio do Diário Oficial do Município (DOM).
A Guarda foi criada em 2003 e, no final do ano passado, o prefeito Márcio Lacerda atendeu uma antiga reivindicação da categoria, liberando o porte de armas. Desde abril os guardas aprovados fazem seu trabalho portando armas de de fogo.
Os treinamentos para o uso de armas foram iniciados no início do mês de janeiro. Para a formação de um agente municipal, em qualquer cidade do país, é preciso ter no currículo um total de 600 tiros durante o treinamento. Na capital mineira, os servidores são formados com um total de 900 tiros.
Uso progressivo da força, primeiros socorros e manejo da arma são algumas das disciplinas ministradas no curso. Os agentes também têm avaliações psicológicas e psicotécnica. Além das atividades com o uso de armas de fogo, eles passam por reciclagem no empenho das armas não letais e até lutas.