Jovem de 18 anos é assassinado e outro fica ferido em uma emboscada em Oliveira/MG

Este foi o segundo homicídio em menos de uma semana na cidade de Oliveira/MG, cujo policiamento faz parte da área do 8º Batalhão


Vítima tentou fugir saindo com o carro quando foi atingida na cabeça. Fotos Marcelo Praxedes

Dois rapazes de 18 anos foram vítimas de emboscada na noite da última quarta-feira (21), na cidade de Oliveira, um deles morreu e a outro está em estado grave. Eles foram atingidos por disparos de arma de fogo, o crime aconteceu na localidade conhecida como Mirandas, na zona rural daquela cidade, as vítimas estavam em um veículo Volkswagen Parati, quando foram atingidas.
A Polícia Militar do destacamento daquela cidade, pertencente ao 8º Batalhão, foi acionada para atender a ocorrência e, quando os policiais chegaram, depararam com um morto caído na estrada e foram informados que o outro havia sido levado às pressas para o hospital bastante ferido.
O rapaz que morreu foi identificado como Lucas da Silva, conhecido como "Ricon". Os policiais foram informados por testemunhas que Lucas estava no banco do carona e na hora saiu do carro e tentou correr, sendo atingido por vários disparos. O motorista da Parati, Igor Ananias da Silva, também tentou fugir e foi atingido na cabeça, o carro chegou a bater num barranco na tentativa de fuga.
O suspeito do crime é um comerciante de 34 anos e, de acordo com parentes de uma das vítimas, o motivo do crime pode ter sido passional, já que uma das vítimas mantinha um relacionamento amoroso com a mulher do suspeito. Segundo informações da PM, as vítimas são suspeitas também da pratica de pequenos furtos no estabelecimento do suspeito.
O pai da vítima que sobreviveu viu quando o suspeito passou por ele numa caminhonete rumo a rodovia Fernão Dias, a BR-381. A vítima que sobreviveu passou por cirurgia e perdeu um olho, ele segue internado em estado grave na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), no hospital de Oliveira.
Este foi o segundo homicídio em Oliveira em seis dias. Na semana passada, quarta-feira, dia 15, um homem foi morto, também na zona rural daquele município, no lugar conhecido como Granja Sítio da Serra, próximo ao Parque de Exposições da cidade. Ele era traficante e comercializava maconha, cocaína e crack, além de ser receptador de telefones celulares roubados.