Estado de São Paulo tem 387 mil Kombis

A produção do modelo teve início na Alemanha em 1950 

A Tribuna

Nesta sexta-feira (2) foram celebrados os 59 anos da Kombi no Brasil. Lançado pela Volkswagen em 1957, o modelo clássico deixou de ser fabricado, para tristeza dos fãs, em dezembro de 2013. No sistema do Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran.SP) constam 387.432 veículos do modelo registrados.
Com um público cativo especialmente entre feirantes e, mais recentemente, empreendedores de food truck, o utilitário foi idealizado na década de 1940 pelo holandês Ben Pon e surgiu com a ideia de utilizar o conjunto mecânico do Fusca em um veículo leve de carga.
A produção do modelo teve início na Alemanha em 1950 e sete anos depois foram fabricadas as primeiras unidades brasileiras, em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, com motor de 1.200 cm³ de cilindrada.
A paixão nacional pela senhora de quase 60 anos é celebrada no dia 2 de setembro, o Dia Nacional da Kombi, estabelecido por iniciativa do Sampa Kombi Clube de São Paulo em conjunto com o Kombi Clube do Brasil.
O modelo deixou de ser produzido devido à exigência federal, em vigor desde janeiro de 2014, de que todos os veículos fabricados desde então sejam equipados com airbag e freios ABS, itens de que a veterana não dispunha.
A última Kombi produzida em São Bernardo do Campo está no museu de veículos comerciais do Grupo Volkswagen, na cidade alemã de Hannover.