Em dia degustação no Independência, Raposa devora Coelho e salta na tabela do Brasileiro

 Hoje em Dia


O apetite do torcedor do América antes de a bola rolar no clássico desta quinta-feira (8), contra o Cruzeiro, se transformou em azia após a partida. A estratégia de oferecer o famoso "tropeirão" aos torcedores que foram ao Horto apoiar a equipe funcionou nas cadeiras do Independência, mas de nada adiantou dentro de campo.

Apesar de contar com o apoio de sua torcida, o lanterna do Brasileirão foi facilmente envolvido pela Raposa e acabou derrotado por 2 a 0, gols do meia Arrascaeta, aos 20 minutos do primeiro tempo, e do atacante Ramón Ábila, aos 24 do segundo.
Com apenas 13 pontos em 23 rodadas, a situação do time comandado por Enderson Moreira é alarmante e o rebaixamento para a Segunda Divisão é cada dia mais evidente. A cada derrota, aumenta o desespero e o desânimo do grupo.
"É dificil, porque a gente chega a cada jogo para iniciar uma arrancada, mas sempre saimos derrotados. Está cada dia mais difícil. Estamos tentando mas não está dando", comenta o lateral Pablo.
Do lado celeste, porém, o panorama é animador. Com 29 pontos e há sete partidas sem saber o que é derrota, a equipe comandada pelo técnico Mano Menezes deu um salto na tabela, ocupa a 12ª colocação, e vê o fantasma da zona do rebaixamento se afastar.
"Hoje fizemos uma boa partida e ganhamos, o que era fundamental para nós. Foi muito trabalho duro durante a semana. É fundamental o descanso para todo grupo porque domingo temos outra final contra o Botafogo, então temos que estar preparados para isso", comentou o uruguaio Arrascaeta, eleito por parte da mídia como o melhor em campo.
Em relação ao G-4, a distância da Raposa para o Corinthians, quarto colocado, agora é de 11 pontos.
Próxima rodada
Na próxima rodada, o América entra em campo para encarar a Ponte Preta. O duelo, marcado para o próximo domingo (11), será às 18h30, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.
O Cruzeiro, por sua vez, recebe o Botafogo, no mesmo dia, no Mineirão. O duelo entre mineiros e cariocas será às 16h.

Ficha Técnica: América 0 x 2 Cruzeiro
América: João Ricardo; Jonas, Alison, Suéliton e Danilo; Claudinei (Bruno Sávio), Juninho, Pablo e Diego Lopes (Ernandes); Osman e Michael (Nixon).
Técnico: Enderson Moreira

Cruzeiro: Rafael; Lucas, Manoel (Leo), Bruno Rodrigo e Edimar; Henrique, Ariel Cabral (Lucas Romero) e Robinho (Alisson); De Arrascaeta, Rafinha e Ábila. Técnico: Mano Menezes
GOLS:  Arrascaeta, aos 20 minutos do primeiro tempo e Ábila, aos 24 do segundo.
CARTÕES AMARELOS: Bruno Rodrigo (Cruzeiro); Jonas (América)
ARBITRAGEM: Igor Júnior Benevenuto, auxiliado por Pablo Almeida da Costa e Celso Luiz da Silva (trio mineiro)
Público e Renda: -