De virada, Santos bate o Corinthians e faz as pazes com a vitória no Brasileirão

Mesmo desfalcado, Santos se aproveitou do melhor momento no segundo tempo, depois de uma primeira etapa ruim

A Tribuna

Com o resultado, o Santos chega aos 39 pontos e se mantém na quinta colocação (Foto: Vanessa Rodrigues)

Em um jogo de tempos distintos, o Santos saiu perdendo do Corinthians, mas voltou melhor no segundo tempo e conseguiu a vitória por 2 a 1, neste domingo (11), na Vila Belmiro. O time da Capital abriu o placar com Marlone. Já a virada saiu com os gols de Vitor Bueno (de pênalti) e Renato.O Santos chega aos 39 pontos e se mantém na quinta colocação. O Corinthians continua com seus 40 pontos em quarto lugar. A próxima partida do Peixe é contra o Botafogo fora de casa, já o Timão pega o Coritiba, no Paraná
O Jogo
A partida começou bem equilibrada, com as duas equipes marcando a saída de bola e buscando o ataque com passes rápidos. As defesas levavam vantagem na maioria dos lances.
A primeira jogada de perigo saiu com uma cabeçada de Rodrigão, aos 6 minutos, mas o atacante estava em impedimento. Já o Corinthians, chegou pela primeira vez com um chute cruzado de Fágner, aos 18 minutos, que passou perto da baliza do Santos.
O jogo continuou equilibrado e os times trocavam muitos passes. Faltava criatividade para achar espaços. Essa criatividade que surgiu dos pés de Rodriguinho. O meia devolveu a tabela de letra para Marlone, que entrou na área e abriu o placar para o Timão, aos 36 minutos, com um chute forte e rasteiro, no canto esquerdo de Vanderlei.

Marlone bateu forte para abrir o placar (Foto Vanessa Rodrigues)
O Corinthians ainda teve mais duas chances de ampliar o placar antes de terminar o primeiro tempo. Mais uma vez com Rodriguinho e a outra com Marlone. Nas duas, os chutes pararam em Vanderlei.
Segundo Tempo
O Santos voltou para o segundo tempo tentando pressionar o Corinthians. A posse de bola continuava no campo defensivo, sem levar perigo ao gol adversário. O Peixe só conseguiu finalizar de fora da área com Rodrigão, aos 12 minutos.
A pressão do Peixe começou a funcionar e o time passou a manter a posse de bola no ataque. Em uma das tentativas de lançamento na área, Vilson fez carga em Luiz Felipe e cometeu pênalti. Vitor Bueno foi para a bola e converteu, aos 25 minutos.

Depois de marcar de cabeça, Renato comemora virada do Peixe (Foto: Vanessa Rodrigues)

O Peixe continuou pressionado com chutes de Copete e Bueno. Foi em mais uma bola alçada na área que o Santos conseguiu virar o jogo. Jean Motta cobrou escanteio. Renato subiu e cabeceou para marcar o gol da virada. O Peixe voltou a vencer depois de três derrotas seguidas.
FICHA TÉCNICA:
Santos
Vanderlei, D.Guedes (Caju), L.Felipe, G.Henrique e Zeca; Renato, T. Maia (Vecchio) e J.Mota; V.Bueno (Walterson), Copete e Rodrigão
Técnico: Dorival Jr
Corinthians
Cássio, Fagner, Vilson, Balbuena e Uendel; Camacho, Rodriguinho, Giovanni Augusto (Willians) e Marlone; Gustavo (M. Gabriel) e Lucca
Tácnico: Cristovão borges
Estádio: Vila Belmiro
Público: 8.610
Renda:  R$ 434.160,00