Cabrito, Apocalipse e Mirian 'a fina': eleição em Minas tem nomes exóticos

Candidatos no Centro-Oeste de MG usam apelidos e chamam atenção.
Nomes irão aparecer na urna eletrônica quando eleitor votar.

Candidatos com apelidos diferentes no Centro-Oeste de MG (Foto: Tribunal Superior Eleitoral/Reprodução)

Mais de cinco mil políticos solicitaram registro de candidatura no Centro-Oeste de Minas Gerais e, entre eles, alguns com apelidos nada comuns. Os nomes foram registrados pelos candidatos e vão aparecer na urna eletrônica quando o eleitor votar em algum deles.
Entre os nomes inusitados estão Bin Laden, Tira Gosto, Regaço, Paixão, Kafunga, Mazarope, Apocalipse, Cabrito, Tõe Vassoura, Tião Chiclete e Vai Vaca do JK.
Na cidade de Santo Antônio do Monte, o candidato Bin Laden (PMDB) disputa o cargo de vereador. Assim como ele está os candidatos Abacate (PP), Castelo (PP), Tõe Vassoura (PR) e Fuscão (PP).

Em Nova Serrana disputarão por uma cadeira no Legislativo o Chocolate (PRTB), Famoso (PTC), Faraó (PMDB) e Mazarope (PT do B). Por lá também concorrem Nana “o amado” (PSDB), Scooby (PTD), Tatu (PSDB) e ainda o Wolveriano (PRB), uma mistura do herói com o sertanejo da dupla Munhoz e Mariano.
Em Capitólio os nomes de alguns candidatos para ocupar cargo na Câmara também chamam a atenção. Na cidade disputam Tira Gosto (PR) e Banana (PMDB). Já em Luz concorre o Paixão (PTB) que tenta convencer o eleitorado cantando o nome e o número pelas ruas da cidade. Neste município também disputam Chatinho (PT do B) e Kafunga (PEN).
Em Divinópolis o eleitorado poderá votar em Marcela “mãos de fada” (PROS), Mirian “a fina” (PT do B), Nelsinho Rock in Roll (PMN), Palhaço Fartura (PHS), Bia de Deus (PR), além da Teca (PSDB) e do Tão (PEN)  para o cargo de vereador. Já em Itaúna quem também disputa pela cadeira no Legislativo é o Pranchana Jack (PP), o Jesus Parabólica (PHS) e o Regaço (PP).
Ainda disputarão pelo cargo de vereador Apocalipse (PHS), Sansão (PHS) e o Sô Madruga (PRP) em Arcos. Boiada (PRB), Mió (PTB), Rainha (SD) e João de Barro (PDT) em Lagoa da Prata.
A sequência de apelidos registrada pelos políticos oficialmente no sistema do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) conta ainda com Novinho TBA (PRTB), Vai Vaca do JK (PMDB) e Baiano da Aparição (PV) em Pará de Minas; Sandra do Crush (PTC) em Abaeté e Che (PV), Chem (PPS), Cipó (PSDC) e Melão (PPS) em Bom Despacho.

Fonte: G1