Técnico alemão de canoagem morre após acidente de carro no Rio de Janeiro

Agência France Presse


Stefan Henze, de 35 anos, foi medalha de prata nas Olimpíadas de 2004

O técnico alemão de canoagem slalom morreu nesta segunda-feira depois de ter sofrido um grave acidente de carro na Barra da Tijuca durante os Jogos Olímpicos do Rio. Stefan Henze, de 35 anos, que foi campeão e medalha de prata nas Olimpíadas de 2004 morreu no hospital acompanhado por familiares.
Bandeiras alemãs serão hasteadas a meio mastro em locais olímpicos na terça-feira em homenagem Henze, que sofreu um acidente quando estava em um táxi nas primeiras horas de sexta-feira. 
"Estamos muito tristes hoje. Palavras não descrevem o que a equipe olímpica está sentindo depois dessa terrível perda", disse o presidente do comitê olímpico alemão, Alfons Hoermann. A família de Henze divulgou um comunicado dizendo: "Sabemos que os pensamentos olímpicos de Stefan vivem em muitas pessoas". 
Henze precisou de uma cirurgia de emergência após acidente, e na sexta-feira os médicos informaram que ele corria risco de vida. Christian Kading, um cientista esportivo que também faz parte da equipe alemã, também estava no táxi, mas não se feriu gravemente. 
"Hoje o esporte pelo qual toda a nossa equipe veio ao Rio de Janeiro está no fundo do nosso pensamento", disse o chefe da delegação, Michael Vesper. "Nossos pensamentos estão com os familiares de Stefan Henze, que tiveram a chance de dar adeus aqui".
A delegação alemã prestará uma homenagem a Henze na Vila Olímpica nesta terça-feira. O Comitê Olímpico Internacional (COI) disse em comunicado que "lamenta a morte de um verdadeiro atleta olímpico".