Suspeito de matar gêmeos em São Miguel do Araguaia/GO, já havia ameaçado a mãe das crianças antes

Antônio Ribeiro Matos, acusado de matar dois bebês de 11 meses após não aceitar o fim do relacionamento com a mãe deles, ainda está foragido. O caso aconteceu em São Miguel do Araguaia, na madrugada de segunda-feira (08).
Diário de Goiás

A mãe das crianças, Taís Araújo de Oliveira Paula, de 23 anos, foi esfaqueada no rosto, pescoço e costas. Ela foi levada para um hospital da região, e não corre risco de morte.
Os gêmeos, que se chamavam David Luiz e Lucas Felipe, foram espancados e jogados no chão e contra a parede. Eles foram levados inconscientes para a Unidade de Saúde com traumatismo craniano, mas não resistiram e morreram por volta das 4 horas da manhã.Antônio Ribeiro Matos / Taís Araújo e os gêmeos Foto: Divulgação Facebook

Segundo a Polícia Militar de São Miguel do Araguaia, o suspeito esperou que o namorado de Taís saísse da casa, para arrombar a porta e invadir.
O delegado responsável pelo caso, André Luiz, afirma que o suspeito deve ser indiciado por duplo homicídio qualificado e tentativa de homicídio. O investigador já ouviu a mãe dos bebês. “Ela disse que teve um relacionamento com o rapaz, mas terminou e ele não aceitou a separação dela. A partir daí, ele começou a ameaçá-la. Ela não chegou a procurar a delegacia e solicitar as medidas protetivas da Lei Maria da Penha”, contou.
Após o ataque, o suspeito fugiu. Desde o crime, agentes da PM fazem rondas da região para encontrá-lo. O caso está sendo investigado pela Delegacia de São Miguel do Araguaia.