"RIO 2016" Temer decreta luto pela morte de soldado da Força Nacional

Hélio Vieira Andrade foi atingido na cabeça por um tiro quando, junto com mais dois colegas de farda, entrou por engano na comunidade


Agência Brasil


Hélio Vieira Andrade morreu no Hospital Salgado Filho, no Méier, bairro da zona norte do Rio, onde estava internado desde a última quarta-feira (10)

O presidente interino, Michel Temer, decretou nesta sexta-feira (12) luto oficial em todo país, pelo período de um dia, pelo falecimento do soldado Hélio Vieira Andrade, da Polícia Militar de Roraima. Ele integrava a Força Nacional que atua nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016. O decreto de Temer foi publicado no "Diário Oficial da União" desta sexta-feira.
Hélio Vieira Andrade morreu no Hospital Salgado Filho, no Méier, bairro da zona norte do Rio, onde estava internado desde a última quarta-feira (10), após ter sido ser baleado por homens armados, na Vila do João, no Complexo de Favelas da Maré.
Ele foi atingido na cabeça por um tiro quando, junto com mais dois colegas de farda, entrou por engano na comunidade.