Polícia Militar de Cláudio prende quadrilha de Itapecerica/MG, suspeita de envolvimento em assaltos de veículos.


(Fotos Polícia Militar/Divulgação)

Na noite desta quinta-feira (18), por volta de 19h25min, durante patrulhamento pela região central da cidade de Cláudio, a guarnição policial suspeitou de cinco indivíduos em atitudes suspeitas e que, ao abordá-los, evadiram correndo pelas ruas da cidade. Os policiais identificaram que um deles levou a mão na cintura parecendo que estava portando uma arma de fogo.
Um dos policiais da referida guarnição correu a pé para alcançar esse indivíduo, obtendo êxito na abordagem e encontrado na cintura de Breno Rocha da Silva, 18 anos, um revólver Calibre. 32, cromado, com três munições, sendo uma percutida e duas intactas. Os outros quatro indivíduos evadiram tomando rumo ignorado.
Durante o rastreamento a esses indivíduos, soube-se, através de denúncia anônima, que eles estavam escondidos no interior do cemitério da cidade. Logo, foi acionado o plano de chamada e comparecido vários militares de folga, incluindo o comandante do pelotão da PM de Cláudio.
Nesse sentido, foi realizado cerco e deslocamento tático ao local onde eles estavam homiziados, obtendo também êxito na abordagem. Durante diligências, foi encontrada mais uma arma de fogo pertencente ao suspeito Davi Guilherme de Almeida, 20 anos, sendo uma garrucha Cal. 22, com duas munições intactas.
A quadrilha é da cidade de Itapecerica e confessou que deslocou de táxi à Cláudio com intuito de roubar veículos.
Foi preso ainda Gabriel Dias Ferreira, 20 anos, e apreendidos dois menores infratores: o O. A. M., 16 anos e D. M. C., 17 anos.
Em continuidade, foi feito contato com os militares de Itapecerica para realizarem diligências nas residências desses indivíduos, uma vez que chegou notícia de que havia drogas nesses locais. Os policiais militares de Itapecerica apreenderam na casa de Gabriel D. Ferreira, um tablete de substância com características de maconha com tamanho aproximado de 10 cm, três pedras de uma substância semelhante a crack, e uma pedra considerável de crack, que se dividida renderia 15 pedras dessa mesma substância.
Ainda, os três indivíduos maiores de idade são suspeitos de arrombarem uma loja de perfumes localizada no centro de Cláudio, fato este ocorrido na semana passada.
Os suspeitos foram conduzidos para a Delegacia de Divinópolis juntamente com os materiais apreendidos.