Monsenhor Moacir Arantes é ordenado bispo na Matriz de São Bento em Itapecerica/MG

No último sábado (13), a Diocese de Divinópolis amanheceu em festa! Pois, foi o grande dia da ordenação do Monsenhor  Moacir Arantes. Milhares de pessoas estiveram presentes na cidade de Itapecerica/MG para participarem da sua Ordenação Episcopal. A Matriz de São Bento ficou lotada de familiares e amigos, vindos de várias partes do Brasil.
 

Filho de Bento Alves Arantes e Irene Pinto de Araújo, Dom Moacir é o 13º de 15 irmãos. Formou-se em filosofia e teologia em Belo Horizonte e foi ordenado padre em 14 de agosto de 1999. Já foi pároco, administrador paroquial e vigário em seis municípios da Diocese de Divinópolis, bem como reitor do Seminário Diocesano, membro do conselho Presbiteral e Coordenador da Pastoral  Vocacional. Foi assessor eclesiástico da Pastoral Familiar no Regional Leste 2 (Espírito Santo e Minas Gerais) e, por último, Assessor Nacional da Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e a Família, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

A Ordenação de Dom Moacir teve como ordenante o Bispo Emérito de Divinópolis, Dom José Belvino e co-ordenantes o bispo de Divinópolis, Dom José Carlos, e o arcebispo de Goiânia, Dom Washington Cruz. Além de centenas de padres, a cerimônia contou com a presença de Dom Luis Carlos, Dom João Bosco, Dom Zicó, Dom Gil, Dom Mário, Dom Aristeu, Dom Tarcisio, Dom Miguel e do Secretário Geral da CNBB, Dom Leonardo Ulrich Steiner.

Com quase 60 anos de sacerdócio e 35 anos de bispo, Dom José Belvino ficou surpreso ao receber o convite para ser o bispo ordenante de Moacir Arantes. Sendo o segundo bispo que ele ordenou também como padre.

Seminaristas, padres e bispos acompanharam a ordenação. em sua fala, dom José Belvino relembrou as pessoas importantes que se alegraram com a ordenação de Moacir.Dom José Belvino o descreveu como se tivesse vendo uma reportagem daqui 30 anos, quando ele já estivesse com 77 anos e deixado um legado de amor e fé  após caminhar e servir a comunidade católica como um bom pastor.