Imagem forte: ginasta francês fratura a perna e dá adeus aos Jogos

Samir Ait Said caiu de mal jeito e deixou a Arena Olímpica da Barra imobilizado e sob aplausos; técnico disse que acidente "é um pesadelo"

@superfc

O ginasta francês Samir Ait Said protagonizou neste sábado (6) a imagem mais forte da Olimpíada até agora:  o atleta  caiu de mal jeito durante a execução de um salto e fraturou a perna. A cena comoveu atletas e torcedores na Arena Olímpica da Barra. As competições ficaram paradas por dez minutos, enquanto o atendimento médico era feito, e o ginasta saiu na maca, imobilizado, e sob aplausos da torcida.
 A comissão técnica da França viu o episódio como uma catástrofe. "É um pesadelo. Francamente é muito duro, ele certamente estaria na final. Estamos arrasados coletivamente", lamentou o técnico da equipe masculina da França. "Ele está no hospital, imagino que deverá fazer cirurgia, saberemos nas próximas horas o diagnóstico", completou.
O acidente desestabilizou a equipe francesa, que ficou em oitavo lugar ao final da disputa da segunda subdivisão neste sábado. "Infelizmente terminou para nós como equipe, mas isso não vai nos parar", disse a chefe de equipe, Cyrill Tommasone.
A cena chocou os espectadores que estavam na Arena Olímpica do Rio. Apesar do abatimento, a francesa exaltou o poder de reação dos ginastas do país. "Nosso estado mental está muito mal, mas nós temos um objetivo e temos de seguir em frente. Nós reagimos bem depois do que aconteceu, fizemos o trabalho que deveríamos fazer", elogiou.
Antes do acidente, Samir Ait Said havia se apresentado nas argolas e obtido a nota de 15,533, a mesma que o brasileiro Arthur Zanetti conseguiu na classificatória da manhã. No mundial do ano passado, Samir ficou em quarto lugar na modalidade. Em 2012, ele se machucou dois meses antes do início da Olimpíada de Londres e não disputou a competição.

Veja o momento em que Samir Ait Said sofre o acidente: