Garoto de 13 anos é roubado ao caçar Pokémon Go no bairro Santa Inês em BH

Adolescente estava a caminho da escola quando foi para local afastado

O Tempo

Um estudante de 13 anos foi roubado na manhã desta terça-feira (9) no momento em que brincava com o jogo Pokémon Go no bairro Santa Inês, na região Leste de Belo Horizonte.
Segundo o pai da vítima, Paulo Augusto Chagas, o crime aconteceu na rua Marliéria por volta das 06h30. “Ele estava sozinho a caminho da escola quando se afastou das ruas movimentadas para capturar os bichinhos. Nesse momento, duas homens em uma moto se aproximaram, simularam estar armados e ordenaram que ele passasse o celular”, contou o engenheiro de segurança no trabalho.
Após passar o aparelho, a vítima pediu ajuda a uma moradora, que entrou em contato com o pai do garoto. “Já tinha dito para ele não brincar com isso na rua por causa desses perigos. Ele está bem e vou ter uma nova conversa. Os pais devem alertar os filhos para que isso não aconteça”, disse Chagas.
Um boletim de ocorrência foi feito, mas os suspeitos não foram localizados. De acordo com a Polícia Militar, entre o dia 3 de agosto, quando o game chegou ao Brasil, até o último domingo (7), 16 casos de furto, roubo ou extorsão envolvendo os jogadores do Pokémon Go foram registrados. A maioria na capital mineira.