Funcionários da BR Distribuidora de Betim aderem à greve nesta segunda

Trabalhadores são contra a privatização da subsidiária; segundo sindicato, pode faltar combustível no Estado

O Tempo

Pode faltar combustível no Estado nos próximos dias durante a interrupção dos serviços

Trabalhadores da BR Distribuidora de Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte, iniciaram na manhã desta segunda-feira (15) uma greve de cinco dias. Eles são contra a privatização da subsidiária.
De acordo com o coordenador geral do Sindicato dos Trabalhadores da Petrobras (Sindipetro-MG), Leopoldino Martins, o ato também acontece em outros Estados e há possibilidade de faltar combustível em Minas.
“A princípio, o protesto não interfere na vida da população. Porém, daqui uns dois dias, pode faltar combustível. Nós, petroleiros, vamos nos reunir com funcionários de outras estatais para que eles possam aderir ao movimento”, disse Martins.
  A reportagem de O TEMPO ainda não conseguiu contato com a assessoria de imprensa da BR Distribuidora. A Polícia Militar acompanha o ato.