Vídeo mostra momento em que ex-agente penitenciário é morto a tiros em BH

Além do homem que morreu na UPA Ressaca, uma mulher que passava na rua também acabou atingida por uma bala perdida; os suspeitos ainda não foram localizados

O Tempo

Vídeo mostra o momento exato em que o agente penitenciário foi baleado

Um ex-agente penitenciário de 27 anos foi morto a tiros na manhã desta quarta-feira (20) no momento em que conversava com um policial militar, no bairro Jardim Laguna, em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte. Durante o atentado, uma mulher de 39 anos que passava pelo passeio acabou atingida de raspão no braço.
De acordo com as informações da Polícia Militar (PM), o ex-agente, que trabalhava no Complexo Penitenciário Nelson Hungria, chegava de moto na casa de seu amigo, cabo da PM, na avenida Antônio Dias de moto, por volta das 11h, e ficou próximo ao veículo conversando com o homem, que o aguardava em um Fiat Línea.
Instantes depois um Fiat Punto branco se aproximou e efetuou diversos disparos contra o homem. Toda a ação foi registrada por uma câmera de segurança. Assista:



O policial militar, que estava armado, chegou a revidar, mas ainda não há informações se algum dos suspeitos chegou a ser atingido. Ainda não há informações de quantos disparos atingiram o ex-agente, que chegou a ser socorrido para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) do Ressaca, mas não resistiu aos ferimentos.
A mulher de 39 anos atingida no braço de raspão também foi socorrida e não corre risco de morte. A PM faz buscas pelo suspeitos, porém, até o momento, ninguém foi localizado.