Três pessoas morrem carbonizadas em acidente no Anel Rodoviário de BH

Hoje em Dia
 

Três pessoas morreram carbonizadas em um acidente na tarde deste domingo (24), no Anel Rodoviário. As vítimas estavam em um Renault Megane que bateu contra um poste de sinalização na altura do quilômetro 464, no bairro Universitário, na região da Pampulha.
​De acordo com informações da Polícia Militar Rodoviária (PMRv), o veículo seguia no sentido Rio de Janeiro e pegou fogo após o choque. Com a violência da batida, o carro rodou na pista e ficou parado no sentido contrário. Moradores ainda tentaram apagar as chamas com extintores de veículos e água, mas os ocupantes do Renault acabaram morrendo.

Segundo informações da PM, dois homens estariam no banco da frente e ainda não se sabe se o terceiro ocupante seria homem ou mulher. As causas do acidente ainda serão investigadas. "Populares contaram que o veículo estaria fazendo 'pega' no Anel quando o motorista perdeu o controle e bateu no poste. Mas isso ainda não foi confirmado", afirmou o sargento Frank Landy.
Três pessoas morrem carbonizadas em acidente no Anel Rodoviário de BH

Um conhecido das vítimas foi até o local e reconheceu o carro, que estaria sendo dirigido por Roberto. No banco do carona, estaria o irmão dele, Dirceu. Ambos são pedreiros conhecidos do comerciante Paulo dos Santos, de 52 anos. "Os dois trabalharam em um obra pra mim há algum tempo. O Dirceu veio de Catas Altas pra trabalhar com o irmão, mas tinha comentado que queria voltar pra lá porque o irmão estava bebendo e dirigindo", contou o comerciante.

Bombeiros estão no local do acidente ajudando na retirada dos corpos. A pista no sentido Rio de Janeiro, tem apenas uma faixa liberada. Já no sentido Vitória, apenas uma faixa está interditada. O trânsito está lento nos dois sentidos e há retenção, principalmente para quem segue no sentido Rio.