Revolução de 1932 é lembrada durante homenagem em Santos neste sábado (9)

O evento acontece em parceria com a Associação dos Combatentes de 1932 de Santos, e teve início às 10 horas, na Praça José Bonifácio.

Como em anos anteriores, hoje, no aniversário de 84 anos da Revolução Constitucionalista de 1932, Santos terá a solenidade cívica tradicional para comemorar a data. O evento acontece em parceria com a Associação dos Combatentes de 1932 de Santos, e teve início às 10 horas, na Praça José Bonifácio.
Com 15 metros de altura, o monumento da Praça José Bonifácio representa a luta armada da população de São Paulo contra o governo provisório de Getúlio Vargas, em 1932. A estátua, intitulada Soldado Ferido, tem 1,90 metro de altura e cerca de 200 quilos. Ali estão restos mortais de combatentes.
O feriado
Desde 1997, o Estado de São Paulo comemora o feriado de 9 de julho. A Lei Federal 9.093, de 12 de setembro de 1995, sancionada pelo ex-Presidente Fernando Henrique Cardoso, que dispõe sobre feriados, determina que a data magna do Estado seja feriado civil.
Assim, no Estado de São Paulo, o então Deputado Guilherme Gianetti apresentou um projeto de lei que deu origem a Lei Estadual n. 9.497, de 5 de março de 1997, instituindo o dia 9 de julho como feriado civil do Estado.
O objetivo da revolução foi a criação de uma nova Constituição para o País. O conflito dos paulistas contra o Brasil durou 87 dias. A Constituição foi promulgada dois anos depois.