Polícia Civil apresenta suspeita que vendia falsos pacotes de viagens em Divinópolis e BH

Nesta manhã, a Polícia Civil apresentou uma suspeita de aplicar golpes em Divinópolis. 

TV Candidés
 (Foto Reprodução TV Candidés)

Pollyanna Marques de Paula de 31 anos era responsável por uma empresa de turismo que vendia falsos pacotes de viagens e tinha até CNPJ.
Nos materiais gráficos, a oferta de dias tranquilos, lugares aconchegantes luxuosos. A pessoa poderia escolher sua estadia em mais de 300 hotéis, situados em mais de 300 cidades e até levar acompanhantes. O que parecia ma oportunidades dos sonhos, começou a despertar desconfiança.
Segundo a Polícia Civil, em Divinópolis foram identificadas 45 vítimas até o momento. Já em Belo Horizonte, a suspeita possui 15 ações na Promotoria do Consumidor. Ainda segundo a polícia, com esse esquema de fraude, deve ter arrecadado em média R$ 80 mil.
As investigações continuam. Se você foi vítima deste golpe, pode ir até a delegacia da Polícia Civil prestar queixa.