O Diretor de Vigilância Sanitária e Epidemiológica de Oliveira/MG, fala sobre a prática de alimentar animais em vias públicas

O Diretor de Vigilância Sanitária e Epidemiológica de Oliveira, Célio Damaceno, informou que procurou algumas pessoas que tem a prática de alimentar animais em vias públicas, orientando sobre a lei federal que regulamenta a criação de cães e gatos nas vias públicas em todo território nacional.

“As pessoas foram orientadas uma vez que elas estão alimentando estes animais, mantendo- os próximos ao perímetro de sua residência ou ate mesmo do local de trabalho em casos já verificados” afirmou Célio Damaceno.
O Diretor da Vigilância disse que estas pessoas estão puxando a responsabilidade desses animais, em caso de acidente envolvendo motociclista, ataque a criança e idoso, podendo responder pelos custos e despesas destes acidentes.
O setor de Zoonose vai recolher estes animais, mediante avaliação da situação, e o animal que já tem dono o proprietário é responsável pelos cuidados dos mesmos.
Célio Damaceno, afirmou que no entendimento destas pessoas, elas acreditam que estão fazendo uma boa ação, mas na realidade não. Fariam uma boa ação se os adotassem deixando-os dentro de suas residências. Estes animais nas ruas vão andar em bandos o que pode causar acidentes. Em Oliveira temos vários registros de ataques de animais contra motociclistas e pessoas.

Fonte e Foto: Rádio Sociedade-AM