Jovens suspeitos de matar após furto de galinhas são apresentados em Itaúna/MG

Polícia Civil em Itaúna apresentou suspeitos de crime em área rural.
Desentendimento gerou duas mortes e uma tentativa de assassinato.

(Fotos Reprodução TV Integração)
 
O jovem João Paulo Henrique da Silva de 18 anos e Ana Paula André de Araújo de 27 anos foram apresentados pela Polícia Civil na tarde desta terça-feira (12) em Itaúna. Eles são suspeitos de matar duas pessoas e tentar matar outra por causa de um suposto furto de galinhas. As idades das vítimas não foram divulgadas. Na ocasião dos crimes, os suspeitos eram vizinhos. O jovem se entregou às autoridades no dia 23 de maio último e a comparsa foi presa um mês depois.
O furto de aves teria ocorrido no povoado de Vale dos Pequis, na zona rural do município. Na ocasião, os envolvidos teriam sido agredidos por parentes de uma das vítimas, que os surpreenderam durante o furto.
Ainda segundo a Polícia Civil, as agressões teriam gerado uma briga. A jovem investigada teria resolvido se vingar. Para isso, teria planejado a morte do homem e da mulher dele. No dia 26 de agosto de 2015, o casal foi atacado a tiros. O homem morreu. Já a mulher, que levou três tiros, sobreviveu.
No dia 6 de abril de 2016, a briga entre as duas famílias teria tido mais um capítulo trágico, quando um irmão da mulher baleada também foi morto. O principal suspeito desse crime é o jovem preso.
A jovem detida é apontada como a mandante da tentativa de homicídio do casal. Os executores do homem ainda não foram identificados. Já o jovem é suspeito de ser o executor do irmão do homem morto em 2015.
O jovem, que está detido no Presídio de Itaúna, vai responder por homicídio duplamente qualificado, por motivo fútil e emboscada. Já a jovem, que segue reclusa na Penitenciária Pio Canedo, em Pará de Minas, vai responder pelo mesmo crime e também pela tentativa de homicídio da mulher.

Fonte: G1