Em um vídeo Comerciante vítima de assalto em Divinópolis desabafa indignado com a falta de vergonha deste país, assista ao vídeo


Um comerciante que é proprietário de uma lanchonete em Divinópolis e que foi assaltada no início da madrugada desta segunda (04), cobra providências das autoridades políticas.

O fato é que Divinópolis como também em todas as cidades Brasileiras, a violência vem crescendo de forma assustadora, assaltos, latrocínios, homicídios, estupros e todo o tipo de violência que se possa imaginar. Porém esta tamanha violência espalhada pelo país se deve à falta de vontade e esforços políticos para que sejam aplicadas leis mais rigorosas a estes lixos chamados de ser humanos que vivem nas ruas praticando todo o tipo de crimes com a certeza da impunidade.

Complementando o desabafo deste comerciante no vídeo, relatei abaixo alguns aspectos que são fatos no cotidiano.


Por um lado, os criminosos estão protegidos por leis que os favorecem e se não bastasse, ainda existe os direitos humanos que por sua vez não cumpre o seu papel de realmente defender os direitos da sociedade, vítima da bandidagem, mas, porém, o único foco dos direitos humanos é defender quem comete crimes, tiram vidas, destroem famílias e deixam sequelas permanentes. O legislativo não tem mostrado interesse algum em votar a lei da maioridade penal, pois, se o fizerem, consequentemente irão perder votos nas eleições de 2018, evidentemente que todos os deputados e senadores estão na mira de muitas famílias que tem menores infratores, família estas, que votam. É muito mais conveniente deixar os menores aprendizes do crime impune do que votar na lei da maioridade penal.

Por tanto os políticos não vão querer correr o risco de perder votos, mas consentem que muitas vidas sejam perdidas, como vem acontecendo diariamente. Muito se fala em superlotação nos presídios. Este é um problema simples de ser resolvido, para isso basta colocar todos os presos para trabalhar em regime de turno, desta forma irá resolver o problema da superlotação como também irá aumentar as chances do preso ser ressocializado, pois, o assaltante, o traficante e todo tipo de criminoso, não está acostumado a trabalhar, mas sim de levar uma vida fácil, ganhando muito dinheiro sem trabalhar. A partir do momento que o preso começar a trabalhar duro dentro do presídio produzindo tudo para o seu sustento, certamente uma boa parte destes presidiários não vão querer voltar para a prisão.
Se o cidadão pode trabalhar para manter uma família, pagando aluguel, impostos, entre outras despesas para o bandido vir tomar de assalto, porque que este mesmo bandido, quando preso não pode também trabalhar!
Olhando por um outro lado, estas medidas que seriam mais que justas, não são tomadas, porque o crime movimenta muito dinheiro em vários setores, Exp.; o dinheiro de um assalto, o criminoso não vai queimar, certamente este dinheiro sujo será gasto e vai circular e até pagar impostos, da mesma forma é o traficante, com o dinheiro sujo arrecadado com o tráfico, ele paga a sua defesa, compra imóveis, veículos, financia escolas de samba, entre muitas outras coisas. Fora a compras ilícitas, com armas contrabandeadas em que o Brasil facilita a entrada por não ser competente para fiscalizar as fronteiras, que aliás, não só armas que entram no Brasil, como também drogas e muitos produtos contrabandeados.
Com todo este lado que favorece aos interessados, para que mudar as leis! Está conveniente desta forma, por tanto já mais será mudado, tempo e promessas já tiveram de sobra para mudar está triste realidade.

Vamos a mais um simples exemplo, que é o caso de explosões de caixas eletrônicos, há quantos anos este fato acontece!

Pois bem, até hoje ninguém foi competente para impedir que tais fatos continue acontecendo e os menos informados atribuem a culpa na polícia, porque na maioria dos casos a Polícia não consegue prender os assaltantes, não sejamos tão ignorantes para ver que na maioria dos casos os bandidos que praticam explosões de caixas eletrônicos, estão sempre em grande número e com poder de fogo maior até que a própria polícia, e você acha justo que militares arrisquem a sua própria vida para defender um patrimônio que se expõem sem o mínimo de segurança para que bandidos tenham facilidade para explodir caixas!

Vamos a realidade dos fatos.

Os bancos não estão preocupados com prejuízos, porque são assegurados, os bancos nunca levam prejuízos, no dia que passarem a não possuir mais seguro que é muito improvável, tenha certeza que irão colocar em prática, medidas que irão impedir ou dificultar muitas explosões de caixas, simples e fácil, basta querer colocar em prática, enquanto isso não acontece, várias agências continuaram sendo explodidas, colocando em risco a vida de muitas pessoas e tirando a tranquilidade e o sono de muitas pessoas durante a madrugada.
Tudo isso por omissão e pelo ego de transformarem agências bancarias em vitrines noturnas para visitações da bandidagem.
Isto é fato, e contra fatos não há argumentos.