Hoje em Dia



Na manhã deste sábado (2), a secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) confirmou a informação que o ex-servidor da secretaria de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Neif Chala, e o diretor do grupo português Yser, Hugo Murcho Hugo Alexandre Timóteo Murcho, presos pela Operação Aequalis foram soltos nesta sexta-feira (1º). 
Eles conseguiram um habeas corpus na Justiça na última quinta-feira (30). Outros cinco continuam presos na penitenciária Nelson Hungria, em Contagem, pela operação que investiga desvios de recursos da Hidroex. Entre eles está o ex-presidente do PSDB estadual, Narcio Rodrigues, que esta semana se tornou réus na Justiça de Frutal, juntamente com outras 14 pessoas investigadas na operação.