Dois caças da Marinha colidem durante treinamento no Rio

Da Agência Brasil
 
Dois caças da marinha do Brasil colidiram nesta terça-feira e uma das aeronaves caiu no mar na Região dos Lagos do Rio de Janeiro. De acordo com a Marinha, o piloto provavelmente se ejetou e continua desaparecido.

As operações de busca e salvamento foram iniciadas imediatamente após a acidente e seguiram noite a dentro com o emprego de navios, aeronaves, e lanchas de apoio do Corpo de Bombeiros.

Ainda segundo a marinha, as duas aeronaves do modelo AF-1B realizavam treinamento de ataque a alvos de superfície com a Fragata “Liberal”, a cerca de 100 Km do litoral de Saquarema.

Durante o voo de afastamento do navio, em forma tática, para a realização de um novo ataque, houve a colisão entre as aeronaves, com a queda de uma delas no mar. O segundo caça conseguiu retornar e pousar, com segurança, na Base Aérea Naval de São Pedro da Aldeia-RJ.

No início deste mês, outro avião militar caiu no estado. No dia 5 de julho um avião caça F5-FM Tiger da Força Aérea Brasileira (FAB) caiu na Base Aérea de Santa Cruz, zona oeste do Rio de Janeiro.

O acidente ocorreu durante um voo de instrução. Os dois pilotos que estavam na aeronave conseguiram se ejetar da cabine, e, com ajuda de paraquedas, aterrissaram em segurança.