Detran multa 12 motoristas por som acima do permitido pelo Contran

Em 2015, foram multados 60 motoristas; número é o dobro do registrado em 2014, quando foram aplicadas 30 multas

O Tempo

Detran multa 12 motoristas por som acima do permitido pelo Contran

Em sete meses, o Departamento de Trânsito em Minas Gerais (Detran) já aplicou 12 multas em motoristas belo-horizontinos flagrados usando em seus carros, equipamentos de som com volume ou frequência acima do nível autorizado pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran).
Em 2015, foram multados 60 motoristas. O número é o dobro do registrado em 2014, quando foram aplicadas 30 multas.
Os dados do Detran também mostram que em todo o Estado, só nestes sete primeiros meses do ano, foram aplicadas 641 multas pelo mesmo motivo. Em 2015, foram 1.237, e em 2014, 1.471 multas foram registradas.
Penalidade
Os motoristas flagrados cometendo essa infração, que é considerada grave e está prevista no artigo 228 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), deverão pagar o valor de R$127,69, referente a multa.
Além disso, o condutor infrator perderá cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação e terá o carro retido.
Regulamentação
A lei de trânsito estabelece que o motorista é autorizado a instalar em seu veículo equipamentos de som que apresente nível de pressão sonora inferior a 80 decibéis. Para fiscalizar o nível do volume produzido por esses veículos, o órgão fiscalizador deve estar a sete metros de distância do som, que deve ser captado por equipamento chamado decibelímetro.