Secretaria de Saúde entrega ambulâncias do Samu para a região Centro-Oeste

o todo, 31 veículos foram direcionados para suprir a rede de Urgência e Emergência dos 54 municípios da Região Ampliada Oeste

Agência Minas

 (Foto Willian Pacheco)

A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais(SES-MG) acaba de entregar sete ambulâncias do tipo Unidade de Terapia Intensiva (UTI) móvel e 24 do tipo unidade básica para o atendimento da Rede de Urgência e Emergência do Centro-Oeste (Cis-Urg). Os veículos foram recebidos pelo consórcio que irá gerenciar a rede. As bases das ambulâncias avançadas serão os municípios de Divinópolis, Formiga, Oliveira, Itaúna, Luz, Campo Belo e Nova Serrana.
De acordo com a  superintendente regional de Saúde de Divinópolis, Gláucia Sbampato Pereira, as ambulâncias não pertencem ao município, mas integram uma rede formada pelas unidades móveis e hospitais para suprir a Urgência e Emergência dos 54 municípios da Região Ampliada Oeste. “Com a implantação do Samu 192, a rede de Urgência e Emergência, controlada por uma Central de Regulação, atenderá aos municípios da região. As bases estarão em locais estratégicos para atender aos casos mais complexos e no menor tempo possível”, destaca.

Tempo este que é fundamental para prestar um bom serviço à população, segundo o secretário executivo do Cis-URg, José Márcio Zanardi. “As ambulâncias UTI’s - tripuladas por médico, enfermeiro e um condutor socorrista  ficarão dispostas em pontos estratégicos dentro da região Centro Oeste o que foi definido juntamente com o Estado para que possamos dar uma resposta no máximo em 40 minutos em cada chamada no 192”, esclareceu o Secretário do Cis-Urg, José Márcio Zanardi.

Rede de Urgência e Emergência 
A Rede de Urgência e emergência é composta pela Atenção Primária em Saúde, Unidades de Pronto Atendimento, pontos  de atenção hospitalar classificado de acordo com sua complexidade e função na Rede podendo ser classificados em: Hospital de Urgência Nível IV, Hospital Geral de Urgência Nível III,  Hospital Geral de Urgência Nível II,   Hospital de Referência ao Trauma Nível I,  Hospital de Referência às Doenças Cardiovasculares Nível I,  Hospital de Referência ao Acidente Vascular Cerebral Nível I e Hospital de Urgência Polivalente Nível I.

Com a implantação da Rede Urgência e emergência, a Região Oeste passará a contar com uma Central de regulação  com médicos, telefonistas auxiliares de regulação médica e rádio operadores para dar o menor tempo resposta às demandas solicitadas pelo 192. Com isso, a atenção às condições agudas adotada é a classificação de risco por meio do protocolo de Manchester informatizado. A SES-MG disponibiliza esse recurso  em cada ponto de atenção da Rede Regional de Urgência e Emergência para que a  linguagem seja  única na classificação de risco das demandas de cuidado de pacientes em condições agudas.

O desenho apresentado para as bases do SAMU contempla todas as seis microrregiões da Região Oeste com 7 Unidades de Serviço Avançado (USA) que contam com médico intervencionista, enfermeiro e condutor socorrista e 24 Unidades de Serviço Básico (USB) com técnico em enfermagem e condutor socorrista.