Onze novos equipamentos de fiscalização eletrônica em Belo Horizonte

Dos equipamentos, oito são detectores de avanço de semáforo e três de invasão de faixa exclusiva para ônibus. As instalações foram feitas na região Centro-Sul da cidade e em Venda Nova

O Tempo

Onze novos equipamentos de fiscalização eletrônica começam a funcionar

Onze novos equipamentos de fiscalização eletrônica passaram a funcionar nesta segunda-feira (6) em Belo Horizonte, de acordo com a Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte (BHTrans). Dos equipamentos, oito são detectores de avanço de semáforo e três de invasão de faixa exclusiva para ônibus. As instalações foram feitas na região Centro-Sul da cidade e em Venda Nova.
Dos oito equipamentos de avanço de semáforo, cinco foram instalados ao longo da avenida do Contorno, os outros na avenida Carandaí e nas ruas Mato Grosso e Guaicurus . Com os novos equipamentos, a cidade passa a contar com 189 detectores que multam quem avança o sinal vermelho. A infração é considerada gravíssima e o motorista perde 7 pontos na carteira, além de ter que pagar multa de R$ 191,54.

“A utilização destes dispositivos conjuntamente com outras ações, produziu resultados bastante satisfatórios em relação a acidentes de trânsito, com dados estatísticos no ano de 2014 registrando 1,08 mortes para cada 10.000 veículos no município de Belo Horizonte. Em 2000 a média verificada foi de 4,37 mortes para cada 10.000 veículos”, informou a BHTrans em seu site.

Os outros três equipamentos de fiscalização eletrônica são de invasão de faixa exclusiva para ônibus, sendo dois na avenida Vilarinho na região de Venda Nova e o outro no Viaduto Nansen Araújo, na junção com a avenida Oiapoque, no hipercentro da cidade. O município passa a contar então com 57 equipamentos desse tipo. Quem desrespeita a faixa exclusiva perde 7 pontos na carteira e leva multa de R$ 191,54.
“Estes equipamentos têm como principal objetivo, garantir a fluidez do transporte público, o tornando mais ágil e atrativo para a população, conforme premissa do Ministério das Cidades. Sendo assim, a BHTRANS tem feito às adaptações necessárias para dar maior fluidez ao transporte coletivo. Ressalta-se ainda, que o acesso às faixas exclusivas deve ser realizado somente nos trechos onde a sinalização horizontal estiver pontilhada excetuando-se, neste caso, o acesso a imóveis lindeiros e/ou garagem”, informa a BHTrans.

Veja os novos locais com detectores de avanço de semáforo:
Avanço de semáforo
Avenida Carandaí esquina com Avenida Afonso Pena, sentido Bairro/Centro
Rua Mato Grosso esquina com Avenida do Contorno, sentido Barro Preto/Viaduto Leste
Rua Guaicurus esquina com Rua Espírito Santo, sentido Praça da Estação/Rodoviária
Avenida do Contorno esquina com Rua Mato Grosso, sentido Bairro/Centro
Avenida do Contorno esquina com Rua Paracatu (3 faixas), sentido Centro/Bairro
Avenida do Contorno esquina com Rua Paracatu (mais 3 faixas), sentido Centro/Bairro
Avenida do Contorno esquina com Rua Paracatu (3 faixas), sentido Bairro/Centro
Avenida do Contorno esquina com Rua Paracatu (2 faixas), sentido Bairro/Centro

Invasão de faixa exclusiva de ônibus
Avenida Vilarinho, em frente ao número 1.840, sentido Centro/Bairro
Viaduto Nansen Araújo, na junção com a Avenida Oiapoque, sentido Centro/Bairro
Avenida Vilarinho, em frente ao número 1.300, sentido Centro/Bairro
 

Publicidade:


"Funerária Itapax" Plano Assistencial Rede de Descontos Coroas Naturais Assistência Familiar 24Hs,Tel: (37) 3341-3497 / 9176-0300 / 9916-1670 São nas horas mais difíceis que você deve consultar antes todos os nossos serviços e preço.