Novo vídeo de ‘estupro de menina de 16 anos’ no Rio de Janeiro foi encontrado no celular de suspeito

Vídeo de celular mostra que jovem de 16 anos foi abusada e tentou reagir


Garota foi estuprada na zona oeste do Rio de Janeiro. Na última sexta-feira, policiais acharam um celular, outra prova que não deixa dúvidas sobre crime.

Aparelho é de Raí de Souza, um dos suspeitos de violência contra a jovem.
Adolescente foi estuprada duas vezes, pelo menos, segundo investigação.
Um novo vídeo encontrado pela polícia no celular de Raí de Souza, de 22 anos, preso por envolvimento no caso do estupro coletivo no Morro do Barão, na Zona Oeste do Rio, mostra a menor de 16 anos sendo abusada e tentando reagir. Foi do mesmo aparelho que saiu o vídeo compartilhado nas redes sociais no fim de maio e que deu início a investigação do caso. A informação foi divulgada neste domingo (5)