Frio afasta doador de sangue e estoque está reduzido em Belo Horizonte

Hoje em Dia
 
JUNHO VERMELHO – No Dia Mundial do Doador de Sangue, celebrado nesta
 terça-feira (14), voluntários compareceram ao hemocentro de BH 
 
Nem a madrugada mais fria do ano em Belo Horizonte – 8,9°C – desanimou a fonoaudióloga Maria Paula de Oliveira, de 28 anos, de nesta terça-feira (14) cumprir algo que já faz há dez anos. Logo pela manhã, ainda com as baixas temperaturas na cidade, ela esteve no hemocentro da capital mineira, na região Centro-Sul, para doar sangue. “Preciso ajudar o próximo da forma que posso”, afirmou.
Porém, mesmo com o ato de solidariedade da jovem e de outros doadores que estiveram na unidade, os estoques da Fundação Hemominas estão reduzidos. As doenças características dessa época são as principais responsáveis pela queda de doações. No frio, as pessoas estão mais suscetíveis a gripes, resfriados, infecções de gargantas e outras viroses.
“Para doar, é preciso estar com o sistema imunológico fortalecido e essas doenças impedem isso”, frisa Cíntia Calu, captadora de doadores de sangue do Hemocentro de BH.
E é o tipo sanguíneo de Maria Paula – O negativo – que mais está em falta na Fundação Hemominas. Muito utilizado pelos hospitais, é o sangue que qualquer pessoa pode receber e salva vidas em situações de emergência. 
Com capacidade de receber até 400 doações de sangue por dia, a Hemominas enfrenta uma queda de 40% no sangue O negativo, enquanto os estoques dos outros tipos negativos estão 30% abaixo do esperado e os positivos, 20% abaixo.
De acordo com Cíntia, o baixo estoque tem provocado cancelamentos de algumas cirurgias eletivas. A Hemominas é responsável por cerca de 90% das doações de sangue para esses procedimentos no Estado.
Condições
Para doar sangue, o candidato deve estar alimentado. Pela manhã, a refeição precisa ser leve. Se a doação for após almoço, jantar ou refeições gordurosas, é preciso aguardar três horas. Podem doar sangue pessoas entre 16 e 69 anos – os que têm mais de 60 apenas se já tiverem realizado uma doação antes.
Pensando em todos esses critérios, a vendedora Patrícia Mara Ferreira, de 46 anos, decidiu ligar para agendar a doação com antecedência. Portadora do tipo sanguíneo A positivo, ela diz que é a segunda vez que doa para o irmão, que está com leucemia.
“Antes, tinha receio de doar por achar que nunca iria para a pessoa necessitada, mas o processo é tão simples e confiável que aconselho para todas as pessoas”, conclui.
Ação solidária
Neste mês dos namorados, o projeto “Existe Muito Amor em BH” criou a campanha #DoeAmorBH, para estimular a doação de sangue. Confira abaixo os estabelecimentos que oferecem descontos para as pessoas que doarem sangue no mês de junho. O atestado de doação deve ser apresentado:
- The Butcher (Coração Eucarístico): Até o dia 18, uma sobremesa grátis por atestado
- Mercearia 130 (Lourdes e Serra): Até o dia 19, uma sobremesa grátis por atestado
- AA Wine Experience (Lourdes): Até 30 de junho, o casal que doar junto e postar uma foto com #DoeAmorBH ganha voucher. O segundo prato, com valor igual ou menor que o primeiro, é grátis
- Hotel Savassi: 10% de desconto na diária
- Un’Altra Volta (Sion): prato Panna Cotta por atestado
- Dorsé (Floresta): Até o dia 17, uma sobremesa grátis<EM><QA0>
- Shitake (Lourdes): Até o dia 30, uma sobremesa grátis
- Borracharia Gastrobar (Centro): Até o dia 30, uma sobremesa grátis
- Rede Subway: Desconto de 10% no lanche nas seguintes lojas:
Minascentro (Rua Santa Catarina, 296)
Centro (Avenida Afonso Pena, 3.581)
Bandeirantes (Avenida Bandeirantes, 1.334)
Padre Eustáquio (Rua Padre Eustáquio, 2.161)
Catalão (Avenida Presidente Carlos Luz, 700)
Betânia (Rua Úrsula Paulino, 1.240)
Jacuí (Rua Jacuí, 2.923)
Abílio Machado (Avenida Abílio Machado, 2.163)

Capital tem a madrugada mais fria do ano
Um dia após registrar 10,4°C, Belo Horizonte teve ontem a madrugada mais fria de 2016: a estação Cercadinho, na região Oeste da cidade, marcou 8,9°C. A previsão é de mais temperaturas baixas até o fim da semana. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a temperatura máxima prevista para hoje na cidade é de 23°C. A mínima, 9°C.

Temperatura mais baixa do país foi registrada em Monte Verde
Várias cidades do Sul de Minas Gerais voltaram a registrar, ontem, temperaturas abaixo de zero e houve formação de geada em várias partes da região. De acordo com o Instituto ClimaTempo, Monte Verde teve mínima de 3,1°C negativos e foi a mais baixa no Brasil. Outras cidades do Sul do Estado também registraram temperaturas negativas, como Maria da Fé (-2,1°C) e Caldas (-0,5°C).