Filho de desembargadora é preso por roubo, furto e receptação em BH

Outras nove pessoas já foram detidas, nesta manhã de quarta-feira (1º), durante operação da Polícia Civil; ação aconteceu em Belo Horizonte, Matozinhos, Pedro Leopoldo, Sete Lagoas e Paraopeba

O Tempo

O filho de uma desembargadora foi preso, na manhã desta quarta-feira (1º), na cidade de Pedro Leopoldo, na região metropolitana de Belo Horizonte, por suspeita de roubo, furto e receptação. Ele foi detido durante uma operação da Polícia Civil contra esses crimes e contra o tráfico de drogas.
Os nomes do desembargador e de seu filho ainda não foram divulgados pela polícia, que dará entrevista coletiva às 14h desta quarta-feira.
"O filho do desembargador foi preso em Pedro Leopoldo em cumprimento de mandado de prisão. Também foram cumprimos mandados de busca e apreensão", revelou o delegado Ednelton Carracci, que coordenou a operação.
Outras nove pessoas também foram detidas durante a ação que abrangeu a capital, Matozinhos, na região metropolitana e as cidades de Sete Lagoas e Paraopeba, na região Central de Minas.

Prisão de seis em Paraopeba culminou em operação
Segundo a assessoria da Polícia Civil, a operação foi desencadeada após uma prisão feita pela Polícia Militar na tarde dessa terça-feira (31), onde três homens, de 21, 29 e 49 anos, foram encaminhados para a delegacia, suspeitos de tráfico de drogas.
Isso porque, a PM descobriu no Povoado de Imbiruçu, um laboratório de drogas. Foram apreendidos 170 pés de maconha e 15 litros contendo pó da mesma droga, duas prensas para fabricação de comprimidos, 369 comprimidos de LSD e três litros cheios da mesma substância, que renderiam aproximadamente 5.000 comprimidos, um Siena verde e dois rádios comunicadores. 

  Essas prisões culminaram na operação realizada na manhã desta quarta-feira (1º). Os três suspeitos já estão no sistema prisional.