Dois homens são presos em Divinópolis por estelionato, usando o nome do hospital do câncer para benefício próprio




(Foto Polícia Militar/Divulgação)
 
Nesta quarta-feira (22), a Polícia Militar foi acionada pelo Copom, a comparecer no posto Gentil na MG-050 em Divinópolis, relatando através de denúncia anônima que dois indivíduos estavam usando o nome da Acccom- Hospital do Câncer, para vender rifas e arrecadar fundos em proveito próprio. A PM realizou abordagem dos indivíduos no local, sendo pegos em flagrância no ato da venda para uma testemunha/ vítima que confirmou a veracidade dos fatos, relatando a polícia que realmente foi usado o nome da instituição. Foi feito contato no local com uma responsável que confirmou a ilegalidade e que tais meliantes não os representavam, foi dado voz de prisão aos indivíduos e conduzidos a depol. 
Ainda durante as diligências foi verificado que a motocicleta utilizada por eles estava com queixa roubo/furto, sendo esta apreendida. Compareceu à depol um representante do Hospital do Câncer, Valor arrecadado R$ 1.184,85
 Os autores, Fernando Leônidas dos Santos, de 56 anos e Marco Tulio Alves, de 23 anos, estariam vendendo rifa de um veículo zero Fiat Uno.

Fonte: Assessoria de Comunicação 23º BPM