Abaixo da crítica, Cruzeiro perde para o São Paulo e volta ao Z4

Com apenas uma vitória em seis jogos – cinco pontos em 18 disputados –, a equipe azul voltou a entrar na zona de rebaixamento; time é o 18º colocado na tabela

Super_FC 

 Cruzeiro voltou a jogar mal no Morumbi

A tarefa do técnico português Paulo Bento no Cruzeiro não está fácil. A equipe ainda peca em criação e qualidade técnica. Em uma partida abaixo da crítica, a Raposa foi batida pelo São Paulo, nCruzeiro voltou a jogar mal no Morumbieste domingo à noite, no Mineirão por 1 a 0.
Com apenas uma vitória em seis jogos – cinco pontos em 18 disputados –, a equipe azul voltou a entrar na zona de rebaixamento. O time é o 18º colocado na tabela. O Cruzeiro segue sem saber o que é vencer diante de seu torcedor. Nos dois duelos anteriores, o time empatou duas vezes, contra Figueirense e América.
Semifinalista da Libertadores, o tricolor paulista veio a Belo Horizonte com inúmeros desfalques, 13 no total. Isso, no entanto, não o deixou desestruturado ou menos agressivo. Pelo contrário. A equipe são-paulina encarou o time azul de igual para igual. Substituto de Paulo Henrique Ganso, que está servindo à seleção brasileira, Ytalo abriu o placar aos 22 min.
A Raposa teve dificuldades para encontrar uma reação em condições de igualar o marcador. Quase tudo dependia da criatividade de Robinho, que até chamou a responsabilidade. Arrascaeta, por sua vez, movimentava-se pouco e Willian, no papel de atacante de área, quase não apareceu.
Para a segunda etapa, o técnico Paulo Bento preferiu esperar dez minutos até as primeiras alterações. Riascos e Alisson foram para o jogo nos lugares de Willian e Robinho. O Cruzeiro, enfim, aumentou o volume de jogo, embora as oportunidades continuavam escassas.
O São Paulo era um time frio e taticamente organizado por Edgardo Bauza. Com um Cruzeiro pouco eficaz, a equipe tricolor cozinhou a partida e até teve chances de ampliar em contra-golpes. O time celeste, em contrapartida, quase não obrigou o goleiro Denis a trabalhar, com exceção de uma saída pelo alto.
O torcedor cruzeirense, mais uma vez, deixou o Mineirão na bronca. Além da vaia para atletas substituídos e para o time no fim da partida, a diretoria celeste também foi cobrada. Esperava-se uma reação do Cruzeiro no campeonato depois da vitória sobre o Botafogo, na última rodada.
As atenções agora se voltam para o clássico contra o Atlético, no próximo domingo. O duelo está marcado inicialmente para o estádio Independência.

Publicidade:



"Funerária Itapax" Plano Assistencial Rede de Descontos Coroas Naturais Assistência Familiar 24Hs,Tel: (37) 3341-3497 / 9176-0300 / 9916-1670 São nas horas mais difíceis que você deve consultar antes todos os nossos serviços e preço.